O Santos voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Depois de dois resultados negativos, o Peixe fez valer o fator casa e neste domingo (13) venceu o Paraná Clube por 3 a 1, resultado que fez o time se distanciar das últimas posições e apaziguar de vez os ânimos que rondavam a Vila Belmiro. Autor de dois gols na partida, o atacante Gabriel não gostou muito de uma pergunta feita pelo repórter do SporTV ao final da partida.

A questão envolveu o fantasy Cartola, jogo no qual os participantes usam atletas reais para escalar suas equipes e sua pontuação é relativa ao desempenho dos jogadores a cada rodada do Campeonato Brasileiro.

Tanto o canal por assinatura quanto a Rede Globo não medem esforços para promover seu game e o assunto é constantemente levantado nas entrevistas, porém o artilheiro santista na temporada não se mostrou muito feliz em comentar a questão.

“Isso aí é chato pra caramba... Todo mundo fica comentando isso aí”, disparou o camisa 10 santista, visivelmente incomodado por ter sido chamado de “a mãe dos cartoleiros”. O jogador ainda tentou pegar leve em seguida, afirmando que tem que levar na brincadeira, mas que muitas pessoas levam isso a sério.

E de fato levam mesmo. Há casos de torcedores que chegaram a torcer contra o próprio time apenas para ver jogadores de times adversários “escalados” por eles se dando bem na rodada ou até mesmo alguns, que deixam a comoção de lado para pensar no próprio time virtual, como aqueles que ficaram revoltados com o adiamento – e consequente anulação para o jogo – da partida entre Ponte Preta e Fluminense, no ano passado, devido ao falecimento do filho do técnico Abel Braga.

Para quem está participando do fantasy, Gabriel foi o jogador santista mais escalado da quinta rodada, escolhido por 2.387.066 de cartoleiros, como são chamados os participantes. Seu desempenho contra o Paraná Clube rendeu 12,20 pontos, podendo ser dobrado, caso o jogador também tenha sido escolhido como capitão da equipe virtual.

Voltando para o mundo real, o Santos volta a jogar na próxima quarta-feira (16), quando encara o Luverdense, no Mato Grosso, pelo jogo de volta da Copa do Brasil. Como venceu o jogo de dia por 5 a 1, o time dirigido por Jair Ventura poderá perder por até três gols de diferença que mesmo assim estará classificado. A boa vantagem fará o treinador santista poupar alguns jogadores. Já pelo Campeonato Brasileiro, competição que vale para o Cartola, o alvinegro fará no próximo domingo o clássico diante do São Paulo no estádio do Morumbi.