O São Paulo deve ter mais algumas mudanças no elenco no meio da temporada. Com grande possibilidade de Militão ser negociado, outro jogador está de malas prontas para deixar o Morumbi. Sem uma acerto entre o Tricolor e o Atlético Paranaense, Marcos Guilherme, um dos destaques em 2017, entrou na mira do Atlético Mineiro.

Conforme o site UOL Esporte, o atleta tem contrato de empréstimo com a equipe do Morumbi até o final de junho. Por isso, foi sondado por um representante da agremiação de Belo Horizonte. O Galo tinha em mente uma contratação por empréstimo, mas, como o Atlético Paraense precisa de dinheiro, entende que uma negociação em definitivo é a melhor opção nesse momento.

Como muito provavelmente não voltará para o Atlético, o jogador está vivendo um clima de indecisão. No seu acordo, ficou certo que ele poderia jogar no São Paulo até o mês de dezembro. Após isso, o Tricolor poderia fazer forças para tentar a sua contratação em definitiva.

Porém, como era um acordo apalavrado, sem nenhum documento assinado, a diretoria do clube paranaense resolveu voltar atrás, dando muitos sinais que a sua permanência era pouco provável.

Caso o São Paulo queira comprar os seus direitos econômicos, terá que desembolsar nada menos que 3 milhões de euros (R$ 12,69 milhões) para adquirir somente 50% do seu passe. Como já gastou muito com reforços [VIDEO]em 2018, os dirigentes são-paulinos não estão nenhum pouco dispostos a abrir a carteira.

''Marcos Guilherme é um jogador importante.

Mas essas coisas não dependem somente de mim, isso é para a diretoria resolver, escapam do meu conhecimento. É um atleta muito importante, tem um bom nível e ajuda. Caso fique, irei ficar contente. Mas não é uma decisão totalmente minha'', destacou o técnico Diego Aguirre.

Chegando no meio de 2017, Marcos Guilherme atuou em 44 oportunidades com a camisa Tricolor, jogando bem em muitos confrontos, anotando nove gols nesse período. Com a saída de Everton, boatos tem um suposto interesse do Flamengo começaram a surgir. Porém, é bem provável que o Rubro-Negro carioca invista em um jogador com mais experiência para a posição.

Dessa forma, o atacante deve ser pouco utilizado pelo Tricolor nos próximos jogos, evitando que ele passe de seis confrontos pelo Brasileirão, número que iria impedir de defender as cores de outro clube no Campeonato Brasileiro.

O gigante paulista foca nesse momento no próximo jogo do Brasileirão [VIDEO], que ocorre no dia 9 de maio, diante do Galo, em confronto que ocorre no Morumbi.