Os quase 4 mil torcedores que compareceram à Vila Belmiro, neste domingo (13), para acompanhar o duelo do Santos contra o Paraná Clube, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro [VIDEO], tiveram reações bem distintas ao final de cada tempo. Se por um lado eles deixaram o estádio comemorando o segundo trunfo do Peixe na competição, por outro pegaram bastante no pé do time ao final da primeira etapa, após a equipe quase não ameaçar o oponente e ainda vê-lo assustar em duas oportunidades.

O sentimento dos torcedores, no entanto, não foi compartilhado pelo técnico Jair Ventura, que enxergou de outra forma a postura de seus comandados nos 45 minutos iniciais e ainda teceu elogios ao time.

“Vou discordar sobre o nosso primeiro tempo. Nós estamos aqui para avaliar a performance e não o resultado”, falou o técnico em entrevista coletiva concedida após o jogo. Para ele, o fato dos gols terem saído na etapa complementar passa a impressão que ela foi melhor do que a inicial. “Tivemos equilíbrio durante os 90 minutos, não fomos passivos”, seguiu o treinador, assegurando que os três pontos, que era o objetivo da equipe, foi alcançado.

Agora o Santos vira novamente a chave e volta a focar a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (16), o alvinegro vai até o Mato Grosso encarar o Luverdense pelo jogo de volta das quartas de final. Como venceu o jogo de ida por 5 a 1, o Peixe pode perder por até três gols de diferença e, por conta disso, e também buscando poupar alguns jogadores da intensa maratona de jogos, o técnico Jair Ventura irá dar folga para alguns titulares mesmo porque o jogo seguinte do Brasileirão, marcado para o próximo domingo (20), será contra o São Paulo, no estádio do Morumbi.

No vermelho de novo

Pelo segundo jogo consecutivo o Santos saiu no prejuízo em termos de arrecadação de bilheteria. A renda obtida com os 3.971 torcedores que pagaram para assistir à vitória por 3 a 1 sobre o Paraná Clube não foram suficientes para cobrir as despesas. Com os ingressos, o time arrecadou 140.110 reais e teve uma despesa de 140.494,95 reais. A renda negativa de 384,95 reais é praticamente insignificante perto dos quase 30 mil reais que o time teve de prejuízo na partida de quinta-feira (10), contra o Luverdense, pela Copa do Brasil.

No próximo dia 24, o Peixe voltará a jogar na Vila Belmiro, quando recebe o Real Garcilaso, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. O jogo estava inicialmente marcado para o estádio do Pacaembu, mas a pedido da Polícia Militar foi transferido para Santos, uma vez que no mesmo dia o Corinthians joga na capital.