O fato do Santos [VIDEO] ter entrado em campo já classificado para a segunda fase da Copa Libertadores da América foi a única boa notícia para o torcedor santista na noite dessa terça-feira (1º). Além de perder para o Nacional, no Estádio Parque Central, no Uruguai, por 1 a 0, o técnico Jair Ventura pode ter ganhando um grande problema para a maratona de jogos que o time enfrentará neste mês de maio.

Aos 28 minutos do segundo tempo da partida, o jovem Rodrygo sofreu uma pancada no tornozelo e teve que ser substituído.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Santos

“Mais do que a derrota, minha maior preocupação foi a lesão do Rodrygo. É uma joia(...) Vamos torcer para que não seja nada mais grave”, disse o técnico Jair Ventura em entrevista coletiva após o jogo.

Com dificuldades para caminhar, o jogador acompanhou o restante da partida sentado no banco de reservas e com uma bolsa de gelo no local. Ele será reavaliado para saber se tem condição de encarar o Grêmio, no próximo domingo (6), em Porto Alegre (RS), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Se não puder atuar, Arthur Gomes deverá ser o titular nesta partida. Eduardo Sasha, com lesão no tornozelo, é outro que também não está garantido [VIDEO] para o duelo no Rio Grande do Sul.

Com a derrota, o Santos desperdiçou a chance de também assegurar o primeiro lugar do grupo 6. Mesmo assim, o time segue líder, com nove pontos ganhos, um a mais que o próprio Nacional. O time só volta a jogar pela competição no próximo dia 24 de maio, no Pacaembu, quando recebe o Real Garcilaso, do Peru, às 19h15.

No mesmo dia e horário, o Nacional encara o Estudiantes, na Argentina.

Só depende dos médicos

Com o Santos classificado para a segunda fase da Libertadores, esse duelo contra o Real Garcilaso pode ser a chance do atacante Bruno Henrique de estrear na competição. Mesmo que não tivesse lesionado o olho e depois se machucado no jogo contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, o jogador só poderia mesmo estrear nesta partida, uma vez que teve que cumprir cinco jogos de suspensão por conta de ter cuspido em Damian Díaz, do Barcelona do Equador, na competição do ano passado, quando o time acabou eliminado.

Uma vez que o jogo contra a equipe peruana será apenas no final do mês, haverá tempo hábil para que o atleta possa se recuperar da lesão muscular sofrida no jogo contra o Bahia e também estar em melhores condições físicas. Antes desse duelo, haverá também os dois confrontos contra o Luverdense, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.