A Copa Libertadores da América complicada, com vários clubes brasileiros se esforçando para passar de fase, mas isso não está acontecendo com o Grêmio. O gigante do Futebol gaúcho passeou contra o Cerro Porteño, na terça-feira (1º), fazendo 5 a 0 e encaminhando a classificação.

Em mais uma excelente partida do time do técnico Renato Portaluppi, as comparações com gigantes do futebol europeu já começaram. O bom futebol faz até torcedores de outros clubes, como o Internacional, elogiarem a equipe Tricolor.

Francisco Aiello, da Rádio Globo, em participação do Redação SporTV, nessa quarta-feira (2), analisou o time gremista e afirmando que o nível de jogo está igual a times como Real Madrid, Bayern de Munique e Barcelona, equipes que são exemplos de bom futebol em todo mundo.

''Se for comparar o elenco gremista com o do Real, claramente o Real irá ganhar. Mas eu defendo é a qualidade do jogo. Em minha opinião, o Grêmio hoje joga no mesmo nível do Barcelona, Real Madrid e Bayern de Munique. Não estou falando do elenco, mas, sim, do jogo de futebol, do jeito que o time atua'', declarou o jornalista.

Nessa temporada, o Grêmio busca o seu terceiro título. No início do ano, enfrentou o Independiente, da Argentina, e conquistou a Recopa Sul-Americana. Pouco tempo depois, voltou a ganhar o Gauchão, título que não era ganho desde 2010.

Os elogios também vieram do apresentador Marcelo Barreto, afirmando que a equipe está se destacando na parte coletiva e também no individual. Por isso, o bom nível de futebol mostrado.

''Tem a questão do estilo de jogo e do grupo, mas também falo das individualidades também.

Hoje, não tem outra equipe brasileira que se permita pensar em quatro atletas na seleção brasileira, como: Marcelo Grohe, Geromel, Arthur e Luan. No Brasil, só o Grêmio consegue fazer isso com a sua espinha dorsal, contando com um goleiro, zagueiro, volante e um atacante'', afirmou o apresentador.

Com uma sequência [VIDEO]de jogos, o clube já decidiu que vai deixar o Brasileirão de lado, dando prioridade a Libertadores e Copa do Brasil, títulos de mata-mata, ou seja, precisam de muito menos jogos para se conquistar. O próximo confronto é no domingo (6), às 18h30, quando enfrenta o Santos, em sua casa, pela quarta rodada do Brasileirão.

O jogo é visto como a oportunidade de recuperar os três pontos perdidos no último sábado [VIDEO] (28), quando boa parte dos titulares foi poupada na derrota para o Botafogo, no Estádio Nilton Santos.