Ao longo [VIDEO]da semana, o Santos finalmente chegou a um acordo de renovação com a Caixa Econômica Federal para o patrocínio master. Tal acordo dará ao Peixe a possibilidade de ganhar até 16 milhões de reais na temporada. Sendo que 10 milhões são fixos, o restante pode ser pago caso o clube consiga os seus objetivos no ano, como avançar nas competições que disputa e principalmente títulos.

Nessa quinta-feira, o Alvinegro Praiano anunciou mais um acordo. Dessa vez a marca será exibida nas costas do uniforme. Em informação exclusiva do Gazeta Esportiva, o novo patrocinador é a Philco, em acordo que durará até o mês de maio do próximo ano.

Os funcionários do clube foram orientados a não relevarem para ninguém a informação, porém, por conta da promoção do sócio Rei, a informação vazou, chegando aos ouvidos da imprensa. O contrato principal continua sendo com a Caixa. A negociação pela renovação acabou se arrastando por semanas, já que o banco estatal pediu a certidão de débito, atrasando ainda mais o acordo.

Esses acordos deixarão o Santos em uma situação financeira melhor, com maior capacidade de investimento e de concorrência com os seus rivais do estado de São Paulo. A busca por novos parceiros ainda não parou, dirigido por Marcelo Frazão, o clube espera chegar a um acordo com pelo menos mais três novas empresas. Ainda de acordo com o Gazeta, o Santos quer vender o espaço da omoplata, número e parte superior das costas.

''Ganho está aí. Se trata de um artilheiro, vem tendo boa performance. Veio do Futebol europeu com um salário brasileiro. É importante que todos saibam disso. Se tratou de uma oportunidade no mercado. Uma negociação difícil. A Inter de Milão está sendo cuidada por chineses. Por isso é complicado tirar algum jogador de lá. Eles alegavam a venda de R$ 60 e poucos milhões. isso equivale a uma contrato de cinco anos para ele'', destacou o presidente José Carlos Peres sobre a engenharia [VIDEO]financeira feita para conseguir contratar Gabigol, maior reforço do Peixe para a temporada.

Sequência da temporada

Após a eliminação no Paulistão, o time de Jair Ventura vem evoluindo pouco a pouco. Mesmo com a derrota para o Nacional, conseguiu se classificar para as oitavas de final da Libertadores, abrindo a possibilidade de poupar os seus principais atletas no último confronto da chave, no próximo dia 24 de maio, diante do Real Garcilaso, em partida que provavelmente deverá ser disputada no estádio do Pacaembu.