O Corinthians, mesmo sendo um dos times mais endividados do país, é o que, de longe, está mais ativo no Mercado da bola em busca de reforços para o elenco ficar ainda mais forte. O objetivo é formar um bom time para os próximos anos, e não para agora.

Agora, o Timão está satisfeito com seu atual elenco, apesar de ter vontade de trazer alguns novos jogadores para o elenco principal, como anunciou a contratação do centroavante Roger. O presidente Andrés Sanchez, no entanto, já afirmou que evitará, ao máximo, contratar jogadores já consagrados para o elenco.

É evidente que, para não ter um ano fracassado, reforços consagrados devem ser incorporados ao elenco principal, mas o objetivo mesmo é trazer jovens jogadores promissores.

Estes que devem se valorizar, mostrar bons desempenhos e, posteriormente, serem vendidos à clubes europeus ou de quaisquer outros países do exterior, como o próprio continente asiático, que vem se tornando uma potência Futebolística.

Mais um reforço?

Cerca de sete ou oito reforços ainda devem chegar ao elenco do Corinthians. Já foram anunciados alguns, agora a diretoria trabalha, sem pressa alguma, para analisar jovens jogadores espalhados pelos clubes do mundo para trazer ao alvinegro de Itaquera, assim podendo oferecer, aos mesmos, bons planos de carreira.

É capaz que, nos próximos anos, o Corinthians tenha um time muito compacto e de excelência sem precisar fazer grandes contratações, impressionando a todos, que não estão prestando atenção no planejamento feito, desde já, com contratações de jovens atletas.

Agora, a diretoria corintiana foi atrás de mais um jovem atleta para o ataque e já assinou o pré-contrato com o jovem Mosquito, que tinha acabado de subir para o time profissional do Coritiba, sendo uma das grandes revelações, dos últimos tempos do futebol paranaense, já indo defender um grande time de São Paulo.

Vem para que?

Evidente que não vem para ser titular logo de cara, agora deve chegar para integrar o elenco e, claro, caso consiga se destacar durante os treinos e tenha o porte físico recomendado, deve, sim, ser titular da equipe do técnico Fábio Carille, ou até mesmo bem utilizado [VIDEO].

A vinda do jogador já é dada, praticamente, como certa, já que há um pré-contrato assinado, porém ainda pode ser barrada esta negociação, pois não tem um contrato definitivo, mas é muito difícil que isso aconteça e o jogador deve reforçar o Corinthians [VIDEO].