Parece que o fantasy game Cartola, um jogo onde as pessoas escalam seus times com base nos jogadores reais da Série A do Campeonato Brasileiro e sua pontuação é baseada de acordo com a atuação deles a cada rodada, não tem caído no gosto dos boleiros. Dois dias depois de o atacante santista Gabriel reclamar de uma pergunta referente ao game da Rede Globo, dizendo que aquilo é “chato pra caramba”, nesta terça-feira (15), outro atleta disparou contra o jogo.

A bronca da vez foi dada pelo atacante do Paraná Clube Silvinho, que curiosamente encarou Gabriel na partida de domingo (13) e que fez o único gol de sua equipe, já nos instantes finais.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

Isso provocou a ira de vários cartoleiros, como são chamados os participantes do Cartola, que “escalaram” diversos jogadores da defesa santista e que viram sua pontuação cair.

“É complicado, né? Vem um monte de ba*** te xingar porque você fez um gol”, disparou o jogador do Paraná, que ainda revelou ter passado por uma semana muito complicada devido a uma cirurgia a qual o irmão mais novo foi submetido e o gol foi dedicado. “Fiz o gol para o meu irmãozinho, mas só querem saber da m*** do time dele no Cartola”, disse.

O jogador disse que possui amigos que participam do jogo e que não tem nada contra eles, mas deixou um recado para aqueles mais fanáticos que foram lhe xingar por conta do gol. “Que eles não continuem pontuando”, disse.

Na rodada, Silvinho foi escalado por 6.531 cartoleiros e fez 14,30 pontos. Ele estará em campo no próximo domingo (20), contra o Grêmio, às 16 horas, na Vila Capanema, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Mais uma pedreira no caminho

O Paraná Clube não tem tido vida fácil neste início de Campeonato Brasileiro.

Nas cinco primeiras rodadas fez apenas um ponto e já encarou três times que estão, ou estiveram na Copa Libertadores da América – Corinthians, Chapecoense e Santos – e neste domingo se prepara para enfrentar mais um, quando recebe o Grêmio, na Vila Capanema.

Diferente do que se pode imaginar, o técnico gremista, Renato Gaúcho, não deve poupar muitos jogadores, uma vez que viajou para a Venezuela, onde nessa terça (15) encarou o Monagas, com metade de seu elenco considerado titular e com isso deverá vir forte para o duelo válido pelo Brasileirão.

O técnico Rogério Micale, do Paraná, sabe das dificuldades que irá enfrentar, mas diz que não pode escolher adversário. “Não tem o que escolher. Temos que começar a vencer para termos confiança e segurança”, disse o treinador.