O Palmeiras enfrenta o Corinthians no próximo domingo em Itaquera, Zona Leste de São Paulo. O jogo é válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O último treinamento visando o jogo será neste sábado na Academia de Futebol.

Nesta sexta, o técnico Roger Machado comandou treino fechado. Concedeu coletiva para os jornalistas e depois os profissionais de imprensa tiveram que deixar o local. Machado já definiu quem será o substituto de Felipe Melo, suspenso por cartão amarelo. Thiago Santos começará o Derbi como titular.

Publicidade
Publicidade

Ele vai voltar?

No começo do ano, a diretoria do Palmeiras negociou o meia Vitinho com o Barcelona. O jogador viajou por empréstimo. O clube catalão viu no atleta enorme esperança de investimento e retorno. O Palmeiras fixou o valor do passe antes do contrato.

Porém a temporada de Vitinho na Espanha não é boa. O Barcelona-B está perto de ser rebaixado e precisa vencer e somar pontos nas últimas quatro rodadas da competição. Internamente a diretoria acredita que o desempenho do time não vai interferir no negócio.

Publicidade

O clube espera concluir a venda do atleta em dezembro.

Se por ventura não acontecer o negócio, o Barça vai avisar o Palmeiras com antecedência. O Verdão vai consultar o técnico Roger Machado se existe possibilidade de contar com o meia no elenco. Se a resposta for positiva, Vitinho é integrado.

A grande questão é que, se realmente for incorporado ao elenco, Vitinho pode ser a quarta opção. Moisés, está em recuperação, é reserva de Lucas Lima. O jovem Hyoran vem logo na sequência. Ou seja, as chances de jogar serão remotas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Alguém de dentro do Palmeiras

Leila Pereira, presidente da Crefisa, concedeu algumas entrevistas nesta sexta-feira. Falou sobre a mudança contratual do Palmeiras e sobre tudo que permeou essa mudança.

A empresária disse que saiu de dentro do clube a denúncia de que o Palmeiras estava recebendo valores da Crefisa em qualquer tipo de caracterização. A Receita Federal apurou e entendeu que a financeira fazia empréstimos ao clube. Uma multa de R$ 30 milhões foi aplicada.

Pereira também disse que, em média, o patrocínio de camisa valeria no máximo R$ 30 milhões. Como a Crefisa injeta R$ 100 milhões por ano, a empresária reafirmou que paga mais pelo que a camisa palmeirense vale. O acréscimo seria de R$ 70 milhões.

A Crefisa também se colocou a disposição para aquisição de novos reforços. A comissão técnica estuda a possibilidade de contar com contratações.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo