Na ensolarada e agradável manhã desta quinta-feira (24), no Rio de Janeiro, o Fluminense [VIDEO] realizou mais um treinamento, visando o compromisso de sábado (26), às 16h (de Brasília), no Maracanã, diante da Chapecoense, partida que abrirá a sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto os setoristas tiveram acesso, o grupo fazia um trabalho de dois toques no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca e, em seguida, alguns jogadores buscavam aprimorar as jogadas de bola parada.

Após a atividade, o meia equatoriano Junior Sornoza concedeu entrevista coletiva. Segundo ele, o time precisa ter bastante atenção para não ser surpreendido no final de semana.

"O time está muito fechado e focado, jogando muito bem. Sábado vai ser uma partida muito difícil, precisamos de atenção nos 90 minutos. Temos que pensar em fazer um grande trabalho", declarou.

Para encarar a Chape, o Tricolor das Laranjeiras [VIDEO] contará com um importante retorno. Sem atuar desde a primeira rodada da Série A (derrota de 2 a 1 para o Corinthians, em São Paulo) por conta de uma lesão muscular, o zagueiro Roger Ibañez está totalmente recuperado e ficará à disposição do técnico Abel Braga.

Como o trio defensivo formado por Gum, Renato Chaves e Luan Peres vem agradando, o jovem, que se destacou no início da temporada, será opção no banco de reservas. Outro confirmado é Pedro. Artilheiro da equipe na temporada, o centroavante havia sentido a coxa direita na vitória de 2 a 0 sobre o Atlético-PR no último domingo (20), no Maracanã, mas foi submetido a um exame de imagem e nada de grave foi constatado.

Diferente de Ibañez, o camisa 9 iniciará entre os titulares. Se vencer a Chapecoense e Flamengo, Palmeiras e Corinthians tropeçarem, o Fluminense, atualmente ocupando o quinto lugar, com dez pontos, alcançará a vice-liderança do Brasileirão.

Diretoria se mobiliza por Paulo Autuori

Além das conquistas dentro de campo, o Fluminense busca não se enfraquecer fora dele. Cobiçado por Flamengo (deseja efetivá-lo como coordenador técnico) e por outros grandes clubes do exterior para reassumir a função de treinador, o gerente-executivo Paulo Autuori recebeu, nessa quarta-feira (23), a visita do presidente Pedro Abad e de outros membros da diretoria tricolor.

Na conversa, a sua permanência nas Laranjeiras. Autuori conta com a aprovação irrestrita da alta cúpula do Fluminense e está balançado pela ótima relação que possui com jogadores e comissão técnica, mas ainda está bem insatisfeito com o momento conturbado nas Laranjeiras.

Caso Paulo Autuori mantenha a postura de sair, nomes como Ricardo Gomes, Valdir Espinosa e Antônio Lopes surgem como prováveis substitutos para assumir a gerência-executiva de futebol do Fluminense.