Durante um treino classificatório par a primeira etapa do Mundial de Endurance em Spa-Francorchamps, na Bélgica, o piloto brasileiro Pietro Fittipaldi sofreu um forte acidente na manhã [VIDEO] desta sexta-feira. O neto de Émerson Fittipaldi escapou na entrada da famosa e desafiadora curva Eau Rouge, batendo de frente na proteção de pneus. Veja o vídeo abaixo:

O piloto, que compete pela equipe DrangonSpeed na classe LMP1, esteve consciente durante todo o procedimento de resgate e foi levado para o centro médico do autódromo. As primeiras informações que chegam da imprensa internacional, mas ainda não confirmadas, são de que o brasileiro apresenta fraturas nas duas pernas, sendo que o estado mais grave é na direita.

Ainda de acordo com informações vindas do hospital, o estado de saúde do piloto não põe em risco sua vida.

Pai do piloto fala sobre o acidente

Gugu da Cruz, pai de Pietro, deu entrevista ao portal Grande Prêmio, onde deu as primeiras informações sobre o estado de saúde do filho e também da possível causa do forte acidente. Segundo ele, o carro já vinha apresentando falhas nos testes e no momento em que a equipe pediu para que ele fizesse uma volta rápida, algo ocorreu fazendo com que os freios não funcionassem e o carro foi praticamente reto, se chocando violentamente na proteção de pneus. “Foi uma pane elétrica, uma falha mecânica", disse.

As primeiras informações que Gugu havia recebido, quando ainda estava a caminho da Bélgica, é de que Pietro havia fraturado uma da pernas. Para ele, isso praticamente faz com que a participação do piloto em Indianápolis, no final do mês seja descartada.

Correria pela primeira vez na categoria e iria disputar as 500 milhas

O neto do bicampeão de Fórmula 1, Émerson Fittipaldi, iria correr pela primeira vez as 6 Horas de Spa-Francorchamps, na classe LMP1, que é apontada como a principal categoria do Mundial de Endurance. Em entrevista recente, o piloto disse que estava muito feliz em poder correr em Spa, que é sua pista favorita.

Na prova, ele iria dividir o volante com o britânico Ben Hanley e o sueco Henrik Hedman e nos primeiros trenos ele já havia colocado o carro da DrangonSpeed entre os mais rápidos. Além de Spa, o piloto [VIDEO] também está confirmado nas 6 Horas de Fuji, outra etapa do Mundial de Endurance.

Neste ano, Pietro já havia participado da etapa de abertura da Fórmula Indy e iria disputar as 500 milhas de Indianápolis, no final do mês, onde guiaria o carro no carro número 19 da equipe Dale Coyne.