O Feriado de Primeiro de Maio foi bastante agitado nos bastidores do Fluminense. Na manhã desta terça, reportagem do Uol Esporte informou que o clube perdeu o prazo para entregar a publicação das demonstrações financeiras de 2017, o que pode gerar várias sanções ao Tricolor das Laranjeiras, dentre elas, a saída imediata do Profut, programa de parcelamento das dívidas com a União, além do afastamento imediato do presidente Pedro Abad.

Publicidade
Publicidade

Para piorar ainda mais a vida dos corredores da sede de Álvaro Chaves, por intermédio das redes sociais, Alexandre Rangel, sócio da Ernst & Young, uma das quatro maiores empresas especializadas em auditoria e consultoria do mundo, contratada pelo próprio Fluminense, disse que, no primeiro ano de seu mandato, Abad tinha, a seu dispor, uma receita superior a de Vasco e Botafogo, mas não houve policiamento das despesas, contrariando o discurso de austeridade tão amplamente propagado desde quando a atual gestão assumiu o comando.

Fluminense teve um Dia do Trabalho bem agitado. (Foto:Blog da Flusócio)
Fluminense teve um Dia do Trabalho bem agitado. (Foto:Blog da Flusócio)

Tal revelação acabou gerando uma enorme insatisfação tanto por parte dos torcedores quanto de membros da oposição, que, nos bastidores, já cogitam abrir um processo de impeachment do presidente tricolor, que, até o momento, não concedeu qualquer declaração sobre o assunto.

Time se reapresentou

Tentando se buscar alheio ao efervescente quadro político, na parte da tarde, o elenco do futebol profissional se reapresentou no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Publicidade

Como acontece normalmente na volta aos treinamentos, o grupo foi dividido. Os titulares do último domingo (empate de 1 a 1 com o São Paulo, no Maracanã) ficaram na academia para um trabalho regenerativo. Enquanto isso, os reservas disputaram um coletivo contra o Sub-20.

No próximo domingo, às 16h (de Brasília), o Fluminense enfrenta o Vitória-BA no Barradão, em Salvador, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Para esse compromisso, o lateral-direito Gilberto, após cumprir suspensão no final de semana, ficará novamente à disposição de Abel Braga, que, no entanto, por ter gostado da atuação de Léo, pensa em mantê-lo entre os titulares.

O comandante ainda pode promover a entrada do zagueiro Luan Peres e sacar Marcos Júnior do ataque, colocando Robinho ao lado de Pedro.

Na quarta, será dia de treino em período integral no CT Pedro Antônio. Se derrotar o Vitória-BA, o Fluminense, atualmente em 11º lugar com quatro pontos, mantém o objetivo de não se distanciar do G-4 do Brasileirão.

Leia tudo