O Santos vem, constantemente, tendo suas principais revelações assediadas [VIDEO]pelo mercado europeu. Há semanas que a diretoria tenta renovar, sem sucesso, o vínculo com o meia Léo Citadini, que vence no final do ano e o risco dele assinar um pré-contrato com outra equipe no meio do ano e deixar o clube de mãos vazias é cada vez mais iminente. Outro que quase saiu no começo da temporada e só permaneceu por conta de um desentendimento de seus empresários com o clube foi Lucas Veríssimo, porém é grande a chance do zagueiro ser negociado na próxima janela de transferência.

Como não bastassem esses dois casos, recentemente surgiu a informação dando conta de que o Barcelona estaria interessado na contratação do jovem Rodrygo, de apenas 17 anos, e que seu pai, Eric Gomes, já teria ido até a Espanha para conversar com representante do clube.

O presidente José Carlos Peres afirmou que não houve qualquer contato [VIDEO]por parte do time catalão e ainda disse que o jogador deveria ficar no futebol brasileiro por mais dois ou três anos para ai sim estar pronto para jogar no exterior.

Nesta sexta-feira (11), em entrevista ao portal Globo Esporte, Gomes negou que tivesse ido até a Europa conversar com dirigentes do Barcelona e negou que tenha havido contato por parte de qualquer clube. “Não chegou nada, nem do Barcelona e nem de nenhum clube”, disse o pai da jovem estrela santista.

Gomes disse que levou um grande susto quando soube que um jornal espanhol havia noticiado que ele tinha ido até a Espanha conversar com dirigentes catalães. “É uma cidade que eu quero conhecer, mas ainda não conheci não”, disse.

Não garante que filho fica na Vila

Apesar de ter negado ter ido até a Espanha conversar com os dirigentes do Barcelona, o pai do Rodrygo não garantiu a permanência do filho na Vila Belmiro, caso realmente chegue ofertas vindas do exterior.

“Não dá pra falar até quando ele fica porque não depende só da gente”, disse Gomes, lembrando que o filho não pode sair ainda por ter apenas 17 anos e que uma negociação também depende da vontade do clube alvinegro. “Às vezes, eu falo que ele vai ficar até tal data e chega uma proposta e o Santos aceita”, disse.

Depois de vencer o Luverdense por 5 a 1, na Vila Belmiro, e abrir grande vantagem para o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, o Santos volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Neste domingo (13), às 19 horas, novamente na Vila Belmiro, o Peixe recebe o Paraná Clube pela quinta rodada da competição nacional.