Dos sete clubes brasileiros presentes na fase de grupos da Libertadores da América de 2018, apenas o Vasco da Gama deverá ficar fora do mata-mata. Dos outros seis, Palmeiras, Santos, Corinthians, Grêmio e Flamengo já têm classificação garantida, enquanto o Cruzeiro necessita apenas de um empate contra o Racing, no Mineirão, na terça-feira que vem, para também carimbar o seu passaporte.

Grêmio tem duelo emocionante

Nesta semana, o primeiro brasileiro a garantir sua classificação foi o Grêmio. Na terça-feira, o tricolor entrou em campo na Venezuela para encarar o modesto Monagas, que apresentou dificuldades ao atual campeão.

Os gaúchos abriram o placar com Ramiro e venciam até os acréscimos da etapa final, mas sofreram o empate em um gol contra de Walter Kannemann.

Só que exatamente no lance seguinte Cícero sofreu penalidade máxima. O volante Jaílson bateu com categoria e garantiu não apenas o 2x1 como também a classificação matemática do tricolor. Na próxima quarta-feira, em casa, o Grêmio depende apenas de uma vitória para entrar como o primeiro da chave. O rival será o já eliminado Defensor. No Grupo 1, o Cerro Porteño também está classificado.

Flamengo faz sua parte

No dia seguinte ao jogo do Grêmio, quem também garantiu vaga no mata-mata da Libertadores foi o Flamengo, que venceu o Emelec no Maracanã por 2x0 com dois gols do meia Everton Ribeiro. O Fla foi a 9 pontos e não pode mais ser alcançado por Emelec e Santa Fé, no entanto segue atrás do River Plate, que tem 11.

River e Flamengo jogam na Argentina na próxima quarta para decidirem o primeiro colocado do Grupo 4.

Palmeiras conta com brilho de Prass

Enquanto o Flamengo vencia o Emelec no Rio de Janeiro, o Palmeiras - repleto de jogadores considerados reservas - não tomou conhecimento do Junior, de Barranquilla, e venceu por 3x1 no Allianz Parque. O resultado deu ao Porco o 16° ponto no Grupo 8 e a garantia de melhor campanha de toda a competição na primeira fase. De quebra, a vitória levou o Boca Jrs à segunda fase como o vice-líder da chave.

O jogo também contou com uma situação bastante especial [VIDEO] para os palmeirenses. Ainda sem ter atuado na Libertadores de 2018, o goleiro Fernando Prass recebeu uma chance do técnico Roger Machado e fez bonito ao defender uma cobrança de penalidade máxima, que levou ao delírio os torcedores palmeirenses. Mesmo na reserva de Jaílson, Prass é ídolo da torcida alviverde.

Mistério de Carille em goleada do Corinthians

Na quinta, foi a vez do Corinthians representar bem o Brasil na Libertadores.

O time do técnico Fábio Carille aplicou incríveis 7x2 no Deportivo Lara, da Venezuela, fora de casa, e se garantiu como um dos classificados à segunda fase pelo Grupo 7. Com 10 pontos, o Timão tentará manter o primeiro lugar na próxima quinta, em casa, contra o Millonarios. No mesmo dia, Independiente (7) e Lara (6) brigam pela outra vaga em jogo a ser disputado na Argentina.

O duelo na Venezuela foi cercado de mistério quanto ao futuro de Carille. Em mãos, ele tem uma proposta milionária do Al-Hilal, do mundo árabe, e disse que tomará um posicionamento assim que a delegação retornar ao Brasil.

Santos, Cruzeiro e Vasco jogam na próxima semana

Além dos já mencionados Cruzeiro e Vasco [VIDEO], o outro time brasileiro que não entrou em campo nesta semana pela Libertadores foi o Santos. O Peixe focou suas atenções na Copa do Brasil e eliminou o Luverdense nas oitavas de final mesmo com derrota fora de casa por 2x1 - na ida, havia feito 5x1.

Pelo Grupo 6, o time da Vila Belmiro já está classificado desde a última rodada, quando perdeu por 1x0 para o Nacional, no Uruguai. Na quinta-feira, o Santos vai receber o Real Garcilaso em casa na tentativa de manter o primeiro lugar do grupo. Os brasileiros têm 9 pontos contra 8 do Nacional, que visita o Estudiantes, 5 pts, em terceiro lugar.