O Palmeiras vem mostrando a cada dia o seu grande poder financeiro adquirido nos últimos tempos, este que veio com os investimentos da Crefisa, FAM (Faculdade das Américas) e também da grande rentabilidade atraída pela arena Allianz Parque.

O diretor de Futebol Alexandre Mattos é o um dos grandes responsáveis por este grande momento palmeirense no Mercado da bola, até porque, além de dinheiro, Mattos também tem um grande poder de convencimento sob os atletas.

A diretoria palmeirense vem buscando novos reforços para a equipe, mas estes que não devem vir agora, e sim para o ano que vem, ou até mesmo neste meio de ano, ou quando o técnico Roger Machado sentir necessidade e pedir o jogador.

Reforço acertado!

Uma tática de frustrar os rivais vem sento usada pela diretoria do Palmeiras, que hoje se tornou uma forma dos jogadores brasileiros terem bons salários (ao nível europeu) dentro do Brasil, e aqueles que têm a incerteza de que vão se destacar na Europa, escolhem o Palmeiras pelo bom salário que pode ser oferecido.

Hoje em dia, por exemplo, o meio-campista Lucas Lima ganha um salário que muitos clubes europeus não pagariam a ele, assim podemos dizer que, financeiramente, o Palmeiras tem mais poder do que alguns clubes de pequeno porte da Europa, o que já é um grande avanço, pois lá o investimento é dez vezes maior, até mesmo em pequenos clubes.

No ano passado, foi o Corinthians quem ganhou o Campeonato Brasileiro, porém diversos outros atletas acabaram se destacando e chamando a atenção de diversos clubes, inclusive do Palmeiras, que se interessou pelo meio-campista Zé Rafael, jogador que atuou muito bem pelo Bahia na temporada passada, com isso os clubes paulistas se interessaram pelo mesmo.

Com diversos interessados, foi o Palmeiras quem conseguiu acertar um acordo com o atleta e, provavelmente, irá comprá-lo.

O acordo:

O acordo feito pela diretoria palmeirense com o Staff do atleta não foi para agora, pois foi analisado que o jogador iria se desvalorizar por aqui, já que não teria espaço para ele atuar como titular, já que o Verdão contava com Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Alejandro Guerra para a posição de 'camisa 10' da equipe alviverde [VIDEO].

No entanto, o clube trocou, pelo empréstimo do argentino Allione ao Bahia, o direito de compra pelo atleta Zé Rafael, assim quando alguém oferecer algo pelo jogador, o Palmeiras será avisado e terá um prazo de 24h para cobrir a oferta [VIDEO].