Depois de algum tempo se recuperando de uma lesão, o zagueiro Dedé voltou com tudo nesta temporada. Assumiu a titularidade no Cruzeiro e vem sendo elogiado por todo mundo que gosta de futebol. Depois que entrou na Raposa, não saiu mais.

Na quarta-feira (2), foi a vez de enfrentar seu ex-time, onde fez história. Venceu a Copa do Brasil e chegou na Seleção Brasileiro, vestindo a camisa do Vasco.

Mas não deixou barato, para o clube que o projetou para o futebol. Participou da goleada do time celeste por 4 a 0 [VIDEO], em pleno São Januário. A imprensa elogiou muito a partida dele, pois foi soberano na defesa do Cruzeiro. Tirava todas as bolas que apareciam por lá.

Após essa vitória acachapante da Raposa, uma entrevista do zagueiro veio à tona. Ela aconteceu para o ''Canal Pilhado'', no YouTube, do jornalista Thiago Aismar. No bate-papo, Dedé lembra com muito carinho do tempo em que esteve por São Januário.

Recordou como o apelido de ''Mito'' apareceu. Segundo o defensor, tudo começou na base de brincadeira. Antes do sucesso, ninguém queria que ele jogasse, era o quarto reserva daquele time. Mas calhou de todos se machucarem, e precisou entrar numa partida contra o Vitória. Ele acabou indo muito bem naquele duelo.

Naquele momento, Dedé passou de criticado para virar o ''Mito''. A alcunha pegou, e até hoje ele é reconhecido assim.

Outra recordação do período do Vasco foi quando venceu o prêmio de ''craque da galera'' do Brasileirão 2011. Dedé conta que essa taça é muito valorizada, pois competiu com dois craques do futebol mundial: Ronaldinho Gaúcho e Neymar.

Ricardo Gomes

Quem também recebeu muitos elogios durante a entrevista foi o treinador Ricardo Gomes. O defensor acredita que muito da evolução dele no futebol deve-se ao ex-comandante do Vasco. Dedé revela que Ricardo sempre o ajudava nos treinos. Estava sempre orientando no que podia melhorar, não deixava passar um erro se quer.

Para o jogador do Cruzeiro, caso Ricardo Gomes não tivesse sofrido um AVC (acidente vascular cerebral), seria um dos treinadores cotados para assumir a Seleção Brasileira.

Passagem por São Januário

Dedé chegou ao Vasco do Volta Redonda, em 2009. Demorou para se firmar na equipe, não era nem relacionado para as partidas. Quase chegou a ser dispensado, depois de um treino. Na ocasião, ele lesionou um dos principais jogadores do time, naquele momento, o meia Carlos Alberto.

Mas depois que entrou, foi evoluindo, e não saiu mais da equipe. Foi negociado com a Raposa em 2013, [VIDEO] depois de grande destaque com a camisa do Vasco. Até hoje a torcida cruzmaltina lembra dele com muito afeto.