Vários atletas que treinam firme em suas academias possuem um grande interesse em comum, que é ser reconhecido por suas conquistas. Para tal, os investimentos com alimentação, passagens, viagens e competições são muito altos o que muitas vezes são obstáculos para o alcance dos sonhos.

Uma saída viável é a obtenção de recursos através de patrocínios por parte de incentivadores dispostos a ajudarem nessa longa caminhada. Mas, ser patrocinado, manter um Patrocínio ou conseguir novos patrocinadores não é tarefa fácil, já que os dois lados visam desfrutar dos benefícios de uma relação de parceira.

O atleta [VIDEO] precisa do investimento para arcar com suas despesas e o patrocinador quer resultados positivos para o seu negócio.

Para que essa combinação dê certo e seja algo concreto, alguns fatores devem ser esclarecidos.

O que é um patrocínio?

Em poucas palavras, entende-se que patrocínio é um recurso financeiro, físico ou humano que uma empresa disponibiliza para um evento ou atividade em troca de um retorno financeiro ou/e institucional.

Ou seja, um patrocínio pode vir de várias formas, não apenas em dinheiro ou ajuda de custo, mas também pode vir através de um desconto na academia que malha, através de um brinde na loja de suplementos que compra, uma doação de artigos esportivos em uma loja para realização de rifas, entre outras formas.

É impreterível que se estabeleça um prazo para cada tipo de parceria, pois, assim, o Atleta poderá escolher o tipo de divulgação e as ferramentas que deverá usa para tal. Exemplo: em uma doação de um artigo para rifar, presume-se que o período de divulgação seja curto.

Portanto, o tipo de patrocínio é incentivador.

Aparentemente não há uma relação longa de parceria, mas não deixe de esclarecer esse ponto em conversa com o incentivador.

O que o atleta tem a oferecer ao patrocinador?

O patrocinado será o carro-chefe dos seus apoiadores e deverá possuir algumas ferramentas para divulgá-los: redes sociais, as vestimentas ou até mesmo o boca a boca ajuda. Assim sendo, o interessado necessita elaborar pequenos projetos de como trabalhá-las de forma criativa. Em alguns casos, o próprio esporte praticado ajuda na divulgação.

Exemplo disso é o brazilian jiu-jitsu ou jiu-jitsu brasileiro, uma das artes marciais que vem ganhando adeptos por todo o mundo. Vários atletas do BJJ buscam patrocinadores para arcar com os custos das competições que participam. Uma particularidade desse esporte é que se pode fazer uma boa divulgação na própria vestimenta (quimono do atleta) com utilização de patches de patrocinadores.

Entenda e aprenda a trabalhar as redes sociais cada uma possui boas ferramentas de divulgação, saiba identificá-las.

Exemplo: o Facebook é uma ótima ferramenta para publicações de fotos, vídeos e textos. Use a rede social fazendo postagens diárias que falem sobre algum produto que utiliza de seu patrocinador e de como este é útil para o seu cotidiano, indique aonde comprar - no caso, em seu patrocinador.

Evite textos do tipo “gostaria de agradecer ao meu patrocinador...” Eles poderão atrair pessoas que também estão a procura de incentivadores e também possuem pouca prospecção para futuros compradores.

Trabalhe bastante e fortaleça suas redes sociais para que se tenha boa visibilidade e muitos seguidores, as grandes marcas estão de olho nisso.

O que pode fazer um patrocínio falhar?

A falta de comunicação e entendimento nas relações de parceria pode ser um fator de desistência e quebra de parceria. É importante entender o que patrocinador espera obter nos resultados com a imagem e colaboração do atleta.

Fazer uma pequena reunião, conversar, perguntar, não deve ser desconsiderado a fim de que se entenda como a empresa trabalha, quais são os seus produtos e como esses se encaixariam nos projetos de divulgação. Outro fator decisivo é saber escolher as empresas para patrocínio.

Buscar empresas que tenham afinidade com o cotidiano e com as atividades pessoais e esportivas irá ajudar a manter uma relação mais próxima com os leitores, uma vez que, se o atleta vivencia, usa ou experimenta os produtos/serviços de seus apoiadores, ficará mais fácil divulgá-los aos futuros clientes em suas redes sociais.

Enfim, saiba que todo patrocínio tem seu período de contribuição, seja ele curto ou longo. Esteja sempre preparado para buscar novos incentivadores sempre que precisar para financiar os seus sonhos.