O Santos vem tendo vários jogadores de seu elenco assediados por times do Brasil e do exterior. Lucas Veríssimo, Léo Cittadini e mais recentemente o jovem Rodrygo são alguns dos atletas comandados por Jair Ventura que têm recebido sondagens e a diretoria terá que ter forte poder de negociação para mantê-los na Vila Belmiro por mais algum tempo. Por outro lado, a diretoria não vê a hora de se livrar do lateral-esquerdo Caju, porém não tem sido fácil fazer um bom negócio com o jogador.

O último clube que se interessou pelo jogador foi o Apoel, do Chipre, porém a diretoria santista acabou fazendo jogo duro na negociação e o prazo para que fosse concretizada terminou na última segunda-feira (14). Se desse certo, o jogador iria se transferir apenas no meio do ano, quando se abre novamente a janela de transferência para o futebol europeu.

De acordo com o portal UOL, o Santos fez jogo duro para ceder o atleta.

Além de ter aumentado o valor de compra que seria fixado, o clube ainda demorou a enviar os avais necessários aos empresários e também em responder e-mails. No ano passado, o jogador ficou perto de ser negociado com o Lille, da França, porém o jogador acabou reprovado nos exames médicos e a venda não saiu.

Mesmo com o naufrágio dessa negociação, os representantes do jogador seguem na Europa e estão esperançosos de que outro acordo possa ser fechado, porém estão cientes que as dificuldades são grandes.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Santos PaixãoPorFutebol

Enquanto não define seu futuro, o jogador segue treinando e deverá ser titular na partida desta quinta-feira (17), pelas oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Luverdense, em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso. Se entrar mesmo em campo, este será apenas o sexto jogo do lateral na atual temporada.

Liberado pelo DM

Um dos jogadores que não viajou para o duelo no Mato Grosso contra o Luverdense, o zagueiro David Braz foi liberado pelo Departamento Médico e estará à disposição do técnico Jair Ventura para o clássico do próximo domingo (20), diante do São Paulo no Morumbi.

O defensor estava com um edema na panturrilha direita e nos confrontos contra o Luverdense (jogo de ida) e Paraná Clube foi substituído por Gustavo Henrique.

Braz vem sendo um dos jogadores mais utilizados por Jair Ventura na atual temporada. Dos 26 jogos que o Santos fez até o momento, o camisa 14 esteve em campo em 20 deles.

Já Bruno Henrique, que também está saindo do DM, só deverá retornar no jogo contra o Real Garcilaso, no dia 24, pela Copa Libertadores da América.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo