Precisando fazer caixa, a diretoria do Santos correu atrás e conseguiu a tão esperada renovação com o seu patrocinador master. A Caixa Econômica Federal irá mostrar a sua marca no espaço principal do uniforme santista por mais uma temporada. O acordo com o banco estatal é comemorado por vários motivos, principalmente que, com o cumprimento de metas, poderá render uma renda extra surpreendente.

Segundo o portal de notícias UOL Esporte, o banco estatal pagará 10 milhões de reais pelo acordo de uma temporada.

O contrato tem algumas bonificações. Em caso de metas alcançadas, esse valor deverá chegar a 16 milhões de reais. Tudo isso vai depender do desempenho do clube na Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro.

Para receber essas bonificações não dependerá somente de títulos, mas também de classificações nas três competições que o clube está disputando. O Alvinegro conta também com o patrocínio da Algar, em vínculo que vai até o término da atual temporada.

Os dirigentes santistas queriam um aumento nos valores pagos pelo banco. Porém, com a sua nova política, a Caixa se mostrou irredutível, aceitando pagar os mesmos valores da última temporada. As negociações vinham sendo tratadas há meses. Por isso, mesmo com o final do contrato, o Santos continuou exibindo a marca o banco.

''É melhor um passarinho na mão do que dois voando. O banco Caixa tem o seu limite com todos os clubes, incluindo o Flamengo, por exemplo, temos que respeitar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Santos

Os valores em relação ao último contrato não irão mudar, temos de fechar até o próximo mês. Na verdade, não era o que esperava, mas é sempre bom ter'', destacou o presidente do Peixe, José Carlos Peres.

A Caixa se tornou um dos maiores investidores do Futebol brasileiro. O exemplo maior é que 11 dos 20 clubes que disputam a primeira divisão tem um contrato com o banco. Somando todas as divisões, esse número dispara e chega a 24 equipes brasileiras.

A nova gestão tem trabalhado para diminuir os gastos do Santos e, assim, melhorar a parte financeira para os próximos anos. Dos clubes paulistas, somente o Palmeiras, que conta com patrocínio da Crefisa, tem se destacado pelo seu equilíbrio financeiro.

O Corinthians, por exemplo, mesmo com o título de campeão paulista e brasileiro, viu a sua arrecadação diminuir em 2017 em relação ao ano anterior, gerando um déficit muito preocupante, que chegou a incríveis 35 milhões de reais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo