Tendo cada vez mais seu trabalho questionado no comando do Santos, o técnico Jair Ventura ganhou mais um grande problema para a próxima partida do Peixe, contra o Real Garcilaso, na próxima quarta-feira (24), na Vila Belmiro, pela fase de grupos da Copa Libertadores da América. Isso ainda tendo uma visão otimista da situação, uma vez que o problema pode se estender por várias rodadas do Campeonato Brasileiro.

Após a final da partida contra o São Paulo, no Estádio do Morumbi, nesse domingo (20), quando o time foi derrotado por 1 a 0, o volante Alison foi levado diretamente para um hospital. Ele se machucou no final do primeiro tempo, mas voltou para a etapa complementar, ficando mais alguns minutos em campo até ser substituído por Jean Mota.

A suspeita é que ele tenha sofrido uma nova lesão no joelho. O volante não retornou para o litoral junto com o restante da delegação e ficou em São Paulo, onde nesta segunda-feira (21) fez exames complementares. Sua participação na partida contra o time peruano na quarta-feira foi descartada.

Outros entregues ao DM

As lesões vêm sendo um fantasma que assombra o Santos desde os primeiros minutos da temporada. O Departamento Médico recebeu seu primeiro “paciente” com apenas 10 minutos do jogo de estreia do Peixe no Campeonato Paulista, quando o atacante Bruno Henrique levou uma bolada no rosto, provocando cinco lesões no olho direito e o afastando de todo o estadual.

Desde então, vários outros atletas já passaram pelo DM, fazendo com que Jair tenha que improvisar jogadores em algumas ocasiões.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Santos PaixãoPorFutebol

Para o clássico contra o São Paulo, o Alvinegro já havia perdido o atacante Arthur Gomes, que se machucou na partida da Copa do Brasil, diante do Luverdense, no Mato Grosso.

Ele dificilmente estará em campo na quarta-feira, assim como o volante Léo Cittadini, que segue fora de combate. Outro que ainda segue fora é o atacante Bruno Henrique, mas o problema de agora nada tem relação com o olho. Em jogo que marcou sua – breve – volta, diante do Bahia, ele sofreu uma lesão de grau 2 na coxa.

Ele já não sente dores, mas o Departamento Médico defende precaução para o retorno do atleta, que ainda não tem prazo estipulado. O Santos se preparara para dois jogos como mandante.

Nesta quarta-feira (24), recebe o Real Garcilaso, na Vila Belmiro, precisando vencer para garantir a primeira colocação do grupo 6 da Copa Libertadores da América. No próximo domingo (27), jogará contra o Cruzeiro, no Estádio do Pacaembu, quando buscará melhorar sua posição no Campeonato Brasileiro.

O time é o 14º colocado com seis pontos em cinco jogos, lembrando que o time, assim como o Vasco, tem um jogo a menos que as demais equipes.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo