Anúncio
Anúncio

Enquanto ainda não acerta a renovação do acordo com o lateral Éder Militão, a diretoria do São Paulo segue trabalhando na extensão de contrato de outros jovens jogadores do elenco. Após assinar novos vínculos Lucas Perri, Liziero e Helinho, nesta segunda-feira (7), foi anunciado mais uma renovação, agora com o atacante Caique.

O jogador de 19 anos, que debutou no time profissional nesta temporada, na qual já fez sete jogos, mas ainda não sentiu o gosto de balançar as redes adversárias, agora tem contrato até 30 de junho de 2022. O antigo vínculo era válido apenas até o fim deste ano.

“Cheguei ao São Paulo ainda garoto, aos 8 anos, e estou muito feliz com a oportunidade de integrar o elenco principal”, disse o jogador a um dos canais de comunicação oficial do clube.

Anúncio

Na mesma entrevista, o atacante lembrou todo o processo de crescimento dentro do time.

Ele passou por todas as categorias até chegar ao time de cima e agora espera retribuir o incentivo dado pelo clube. O jogador já fez parte das Seleções Brasileiras Sub-15 e Sub-17.

Manchester City de olho em Militão

Há várias semanas o São Paulo vem tentando acertar um novo acordo com o lateral Éder Militão, cujo contrato vence no final do ano, mas até agora não tem obtido sucesso na empreitada. Sabendo desse impasse, o Manchester City acompanha a situação do jogador e espera uma oportunidade para abrir conversas com o São Paulo.

No entanto, a equipe do Morumbi ainda não se mostra interessada em dialogar com os ingleses.

Anúncio

No meio deste ano, o jogador já ficará livre para assinar um pré-acordo com qualquer outro time,

Já se comenta que o São Paulo espera chegar nesta fase do contrato para tentar conversar com o atual campeão inglês. O jogador não possui visto inglês, o que pode fazer com que ele não vá de imediato para o clube de Manchester e o empréstimo para uma equipe não está descartado.

O jornal inglês “Daily Mail” noticiou na semana passada que o time de Pep Guardiola havia oferecido algo em torno de 20 milhões de libras – o que convertido para real ultrapassa os 96 milhões de reais.

Militão vem sendo titular absoluto no time dirigido por Diego Aguirre, porém acabou ficando de fora no duelo contra o Atlético Mineiro, no último sábado (5), no Morumbi, por sentir um desconforto muscular.

Anúncio

Apesar de exames não terem detectado lesão, ele segue como dúvida para o jogo desta quarta-feira (9), contra o Rosário Central, também no Morumbi, pela Copa Sul-Americana.