Paolo Guerrero é um dos melhores atacantes que atua no Futebol Sul-Americano. No Flamengo desde 2015, está vendo criar uma novela pela renovação do seu contrato, que acaba no começo de agosto. Um atacante desse porte tem sempre muitos times interessados, sendo o Palmeiras um deles. A informação começou a ser divulgada no Peru, porém, a transação é vista como muito difícil.

Maurício Galiotte, presidente Palmeirense, em entrevista ao FOX Sports Rádio, falou da possibilidade de contratar o ex-jogador do Corinthians e destaque do Flamengo.

''Em relação ao Guerrero, é tudo especulação de mercado. Já sobre o Scarpa, nós esperamos que isso seja resolvido de uma maneira rápida.'', disse o dirigente.

Ao contrário do que diz o presidente, o jornalista Gilmar Perreira, do Extra, disse Palmeiras estaria discutindo a possibilidade de lhe oferecer um contrato de dois anos e meio de duração, com um salário que poderia chegar a 1,2 milhão por mês, com as luvas já inclusas.

O Verdão poderia contrata-lo para brigar por espaço com o atacante Miguel Borja, atleta colombiano que foi contratado a peso ouro, mas ainda recebe muitas críticas por parte da torcida palmeirense, principalmente por ser inconstante e pouco participativo durante as partidas do clube paulista.

No início da temporada, surgiram boatos de um suposto interesse do Corinthians [VIDEO], que queria o jogador para substituir Jô, que tinha acabado se se transferir para o futebol do Japão. Porém, devido aos altos valores para contratá-lo, o boato foi rapidamente desmentido pelos dirigentes Alvinegros.

Interesse argentino!

Victor Blanco, presidente do Racing [VIDEO], disse que procurou com dos grandes atacantes para substituir Lautaro Martínez, de 20 anos, que foi vendido para a Inter de Milão. Um desses nomes seria Paolo Guerrero, o outro é Calleri, ex-São Paulo.

''Já tínhamos falado dele antes. Realmente nos interessa, mas não pode jogar a Copa (Libertadores). Por agora está descartado'', disse o mandatário do clube argentino.

A punição de seis meses de suspensão por doping ao peruano chegou ao fim no último dia 3, por isso ele deve estar em campo nesse domingo, diante do Internacional, em jogo válido pela quarta rodada do Brasileirão. Até o momento, com a camisa do Flamengo, o atacante fez 105 jogos, anotando 42 gols nesse período. Em termos de títulos não foi nada bem, conquistando apenas um campeonato carioca.