Na última rodada do brasileirão, a atitude de um torcedor ao devolver a camisa a Borja impressionou a todos. O Palmeiras enfrentou, por mais uma rodada do Campeonato Brasileiro, o Bahia, com a missão de ganhar e convencer. Os três pontos provariam que a fase do Verdão é, sim, muito boa, já que muitos tentaram criar uma crise após a derrota para o Corinthians.

No entanto, o Verdão ganhou do Bahia por 3 a 0, um gol de Willian, outro o zagueiro Antônio Carlos e o último foi marcado pelo centroavante colombiano Miguel Borja, que se animou muito e acabou indo comemorar com a torcida, mas nisso tirou a camisa e jogou para a torcida.

Todos sabem que a atitude do colombiano na comemoração é proibida no Futebol e rende um cartão amarelo. Entretanto, o pior foi que ele acabou jogando a camisa para a torcida palmeirense, impedindo ele de continuar na partida, já que o clube teria que arrumar, de última hora, uma outra camisa ao colombiano.

Atitude digna de torcedor!

Quando a camisa foi jogada à torcida, todos pensaram que esta não iria ser mais devolvida, até porque o torcedor havia acabado de ter em mãos uma camisa oficial e utilizada no jogo do Palmeiras contra o Bahia. O que mais impressionou, porém, foi que o torcedor Adinam devolveu a camisa para que o colombiano voltasse a jogar normalmente.

Em uma entrevista, depois de ser muito elogiado nas redes sociais, o torcedor revelou o porquê de ter devolvido a camisa para o atacante palmeirense, e revelou que o Willian 'Vigode' havia pedido para que devolvesse a camisa.

Como o torcedor não sabia se poderia resultar em alguma punição, ele resolveu devolver para o jogador.

Na hora, Adinam afirmou que já sabia que a atitude resultaria em um cartão amarelo, pois é regra do futebol, porém não sabia se se ele não continuasse com a camisa poderia ser expulso ou receber, posteriormente, uma punição, portanto devolveu sem reclamar.

Multa do Palmeiras?

Em uma entrevista, o zagueiro Edu Dracena falou sobre a vitória do Palmeiras e se orgulhou de como a equipe jogou, falou sobre como Borja comemorou e não achou ruim, mas ressaltou que o atacante pode acabar recebendo alguma multa do clube, pois é uma política dentro do Palmeiras.

O Palmeiras, hoje em dia, traça algumas normas aos atletas que lá estão, e conforme as atitudes dos mesmos, pode acabar resultando em multas aplicadas pelo diretor de futebol Alexandre Mattos, responsável por esta parte na administração do clube [VIDEO]. No entanto, uma multa pode não ser aplicada ao atleta, mas sim um aviso, assim como quando Dudu recebeu de Mattos quando não comemorou um gol [VIDEO].