O técnico Fábio Carille, em um ano e meio como profissional à frente do Corinthians, conquistou o que muitos levam anos. O trinado venceu o Campeonato Brasileiro de 2017 em uma campanha surpreendente e também conquistou os campeonatos paulistas daquele ano e o bicampeonato em 2018.

Essa sequência vitoriosa e a postura pacata e comprometida do treinador o colocou no topo entre os técnicos brasileiros e muitos passaram a observar mais de perto o seu trabalho. Sua trajetória como profissional fala por si só, de desconhecido passou a ser o técnico mais badalado e desejado do mercado nacional e agora está na mira do futebol árabe.

O Al-Hilal, time da capital Riyadh, maior vencedor do país e considerado pela Fifa (Federação Internacional de Futebol) como o melhor clube da Ásia no século XX, quer levar o técnico Carille e, para isso, conta com um abastado cofre. Especulações dão conta de que a proposta é de 1 milhão de reais por mês.

Atualmente no Corinthians, o técnico tem um salário de aproximadamente 300 mil reais. Entretanto, Carille não figura entre os mais bem pagos do futebol brasileiro.

Grandes técnicos brasileiros já treinaram a equipe asiática, entre eles Candinho, Joel Santana, Antônio Lopes e Zagallo. Em entrevista ao canal por assinatura Fox Sports, o técnico Candinho disse que o Al-Hilal deve ser um bom caminho para Carille [VIDEO].

A proposta irrecusável a Carille

A direção do Corinthians e o técnico Carille dizem que o clube árabe ainda não fez uma proposta oficial, o que deve ocorrer nas próximas horas, mas houve, sim, uma conversa preliminar entre representantes do clube e agentes do técnico, que apresentaram a proposta extraoficial ao técnico.

Entretanto, o clube trabalha com dois nomes, além do brasileiro. Os representantes do Al-Hilal sondam o técnico português Jorge Jesus, do Sporting, de Portugal, que vive dias conturbados no clube. Devido aos maus resultados do time, a torcida recentemente invadiu o centro de treinamento e agrediu o técnico e alguns jogadores. Isso pode precipitar a saída do técnico português do clube.

Fontes ligadas ao técnico brasileiro afirma que a proposta é irrecusável e há grande possibilidade de Carille aceitá-la. O Corinthians enfrenta o Sport neste domingo (20), na Ilha do Retiro, em Recife (PE), e muito se fala que esse pode ser o último jogo de Carille à frente do time paulista.

A direção corintiana quer manter o técnico no clube, mas fontes afirmam que o relacionamento entre Carille e o presidente Andrés Sanches não é tão boa quanto era a do técnico com o ex-presidente Roberto de Andrade. Fator este que pode contribuir para a saída do comandante [VIDEO]do time paulista.

Para maior preocupação da torcida, o meia Rodriguinho também pode ser negociado com o clube árabe.

O atleta, sob o comando de Carille, vem sendo considerado como o principal jogador do time na atual temporada.

A fiel torcida vive duas expectativas neste final de semana, já que espera por mais uma boa apresentação e a vitória frente ao Sport e por uma definição sobre a saída ou permanência do técnico corintiano. Mais uma vez todos os holofotes se dirigem ao treinador.