Cada vez mais cedo os jovens destaques do Futebol brasileiro estão virando alvo da Europa. O mais recente foi Paulinho, um dos melhores jogadores do Vasco dos últimos anos, que acabou sendo negociado para o Bayer Leverkusen por mais de 100 milhões de reais. No Santos, isso pode ocorrer com Rodrygo [VIDEO].

Ainda com 17 anos, Rodrygo se transformou em uma das maiores esperanças do Peixe na era 'Pós-Neymar'. Conforme o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo Esportes, o Alvinegro recebeu duas propostas oficiais pelo atleta santista. Todavia, os números não animaram o presidente José Carlos Peres, por isso ele nem passou os dados para o Comitê de Gestão [VIDEO].

Sabendo do grande futuro que o atacante tem, a diretoria não aceita nada menos do que € 50 milhões (R$ 210 milhões), valor correspondente a sua multa rescisória. Na última semana, o Sport, jornal espanhol, colocou o Barcelona como um dos principais interessados em contratar o jovem santista. O time da Vila Belmiro é dono de 80% dos seus direitos econômicos, o restante pertence ao jogador.

Mesmo sem divulgar os nomes das equipes, se sabe que são clubes de ponta do futebol europeu. Sabendo do seu custo, são poucos os dirigentes que se mostram dispostos a pagar uma quantia tão alta.

Rodrygo é uma peça importante para o técnico Jair Ventura. Ele já atuou 18 jogos com a camisa do Peixe, fazendo 5 gols nesse período. No mês passado, na vitória sobre o Nacional, ele balançou as redes, se torando o atleta mais jovem a marcar pela Libertadores.

Nessa terça-feira, dia 1, o Santos foi até o Uruguai, onde jogou contra o Nacional novamente. Mesmo perdendo o jogo, o Peixe se classificou para as oitavas de finais da competição. A noticia ruim é que Rodrygo acabou sofrendo uma entorse no tornozelo, se transformando em uma grande dúvida para os próximos jogos.

''Não conseguimos muitas oportunidades. Erramos no último passe e levamos o gol em um erro nosso. Temos que levantar a cabeça e tentar vencer o Real Garcilaso'', disse o goleiro Vanderlei após o fim da partida. Alisson também concordou com o goleiro: ''Nossa partida não foi boa, como fizemos contra o Estudiantes em casa. O adversário foi superior e não conseguimos os três pontos'', concluiu.

O Alvinegro praiano virou a chavinha. Pelo Brasileirão, enfrentará o Grêmio, time visto como a melhor equipe do Brasil nesse momento. Como não atuou a última rodada, o Santos tem apenas 3 pontos em dois jogos disputados.