A Copa do Mundo [VIDEO] é o momento de maior congraçamento do futebol mundial [VIDEO]. É lá que se reúnem os maiores craques de suas gerações em busca de conquistar o título máximo do esporte defendendo as cores de suas bandeiras. Já passaram pela história das Copas craques como Pelé, Maradona, Cruyff, Platini, Beckenbauer, Zidane e muitos outros. Agora em 2018, os principais nomes do mundial são Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar, porém, muitos outros astros estarão desfilando talento.

Veja o 32 craques que estarão representando sua seleções:

Rússia: Aleksandr Golovin, meia de 21 anos, foi destaque russo na Eurocopa de 2016.

Arábia Saudita: Nawaf Al Abed foi artilheiro das eliminatórias asiáticas.

Egito: Mohamed Salah dispensa apresentações. Destruiu o futebol europeu em 2018 e alguns até sugerem lhe dar o título de melhor do mundo.

Uruguai: Aqui vale uma exceção. Cavani e Suárez formam talvez a dupla de centroavantes mais letal dessa Copa do Mundo.

Portugal: Cristiano Ronaldo, óbvio. Alguns o apontam como o melhor jogador da atualidade e um dos maiores da história. Essa deve ser sua última Copa do Mundo.

Espanha: Sérgio Ramos é apontado como o melhor zagueiro do mundo. Capitão do Real Madrid e da seleção espanhola.

Marrocos: Mehdi Benatia tem uma trajetória sólida na Europa. Já jogou pela Roma, Bayern de Munique e atua agora na Juventus.

Irã: Mehdi Taremi é o principal atacante e homem mais perigoso da seleção iraniana.

França: Antoine Griezmann é um dos atacantes mais letais do mundo e pretendido pelo Barcelona.

Austrália: Mathew Leckie foi o destaque dos australianos na Copa de 2014.

Peru: Paolo Guerrero é o maior ídolo da seleção peruana da história. Pode ser percebida essa idolatria durante todo o processo do julgamento por doping do atacante.

Dinamarca: Cristian Eriksen é meia do Tottenham e tem carreira consolidada na Premier League como um dos jogadores mais decisivos.

Argentina: Lionel Messi não precisa nem ser citado. Alguns o colocam como o segundo maior jogador da história do futebol mundial.

Islândia: Aron Gunnarsson é o principal nome da sensação da Eurocopa de 2016.

Croácia: Luka Modrid é o camisa 10 do Real Madrid, apenas isso já fala por si só.

Nigéria: Obi Mikel é considerado por muitos nigerianos o melhor de todos os tempos. Jogador fez história no Chelsea durante dez anos.

Brasil: Neymar é outro que nem precisa ser citado. Um dos top 3 do futebol mundial atualmente.

Suíça: Xherdan Shaqiri já está bem estabelecido no futebol.

Tem passagem pelo Bayern de Munique e atualmente joga pelo Stoke City, da Premier League.

Costa Rica: Bryan Ruiz foi a sensação costa-riquenha na surpreendente campanha na Copa de 2014.

Sérvia: Branislav Ivanovic é outro que tem história no Chelsea e considerado figura central na Sérvia.

Alemanha: Praticamente impossível escolher apenas um, mas Tony Kroos é o maestro da seleção alemã e do Real Madrid.

México: Javier Hernandez já jogou por Manchester United, Real Madrid e hoje atua no West Ham, da Premier League.

Suécia: O maior nome do futebol do país não foi convocado, Ibrahimovic, então, vamos ficar com o destaque de John Giudetti.

Coreia do Sul: Son Heung-Min é um os destaques do Tottenham e o jogador asiático mais caro da história.

Bélgica: Eden Hazard e Kevin De Bruyne estão na mesma prateleira de Cavani e Suárez. Impossível escolher apenas um.

Panamá: Luis Tejada é um dos maiores artilheiro da história da seleção panamenha.

Tunísia: Youssef Msakni já foi considerado o craque do campeonato tunisiano em 2012.

Inglaterra:Harry Kane é considerado o jogador com maior valor de mercado do mundo atualmente, superando até Neymar. Alvo constante do Real Madrid.

Polônia: Robert Lewandowski é um dos principais atacantes do mundo e maior artilheiro da história da seleção polonesa.

Senegal: Sadio Mané fez parte de um dos principais ataques do mundo em 2018 com Salah e Firmino, no Liverpool.

Colômbia: James Rodríguez já jogou pelo Real e agora atua no Bayern de Munique. Considerado revelação da Copa de 2014 e autor do gol mais bonito do mundial.

Japão: Keisuke Honda já atuou pelo Milan e é um excelente cobrador de faltas