Dominado pelo Flamengo [VIDEO], especialmente no primeiro tempo, o Fluminense [VIDEO] deixou o Mané Garrincha, em Brasília, na noite desta quinta (7) com uma derrota de 2 a 0 no clássico carioca válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após o jogo, o técnico Abel Braga concedeu entrevista coletiva após o jogo e reconheceu a superioridade do adversário, mas lamentou o comportamento de alguns atletas do Rubro-Negro, mais especificamente Vinícius Júnior e Lucas Paquetá, que passaram a provocar os tricolores. "Chegamos só próximo da grande área no bate-rebate. Nem com as bolas aéreas chegamos. Vitória justa. Houve exagero de subestimar, isso não é legal", disse.

Durante a entrevista, Abel não citou nomes, mas fez referências ao chapéu aplicado por Paquetá e às tentativas de dribles isolados de Vinícius Jr. "Chamei atenção do Barbieri... daqui a pouco quem está perdendo está com sangue quente. Aí, dá uma entrada e alguém quebra a perna. Em Cuiabá, ganhamos de 4 a 0 e não fizemos gracinhas ou frescurinhas. Respeitamos", disse o treinador, citando a goleada do Fluminense ainda no Campeonato Carioca.

Outro ponto abordado foi o trio de arbitragem. Segundo Abel Braga, o baiano Dewson Freitas pecou nos critérios de distribuição de cartões amarelos. "A única coisa que tenho a dizer foi o critério dos amarelos", resumiu.

Com o revés, o segundo de maneira consecutiva, o Fluminense [VIDEO], que chegou a ocupar a parte de cima da tabela, despencou para o 10º lugar na classificação da Série A.

O tricolor volta a atuar no domingo (10), enfrentando, a partir das 16h (de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte, o Atlético-MG.

Para esse desafio, o lateral-esquerdo Marlon não estará em campo por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Como Ayrton Lucas ainda se recupera de um estiramento na coxa esquerda e só deve retornar após a Copa do Mundo, Abel poderá improvisar um zagueiro na função ou utilizar João Vítor, atleta do Sub-20, e especialista da posição.

Quem também pode desfalcar o time é Renato Chaves. O zagueiro precisou ser substituído ainda no intervalo do Fla-Flu devido a um incômodo na parte posterior da coxa esquerda. Caso ele não possa atuar, Nathan Ribeiro ou Roger Ibañez seriam as opções. Em contrapartida, há a possibilidade de o centroavante Pedro, artilheiro do clube das Laranjeiras na temporada com 13 gols, voltar a assumir a titularidade.

Ele não atua desde o segundo tempo do empate sem gols com o Grêmio, em Porto Alegre, por conta de uma lesão muscular. Na sua ausência, João Carlos, jogador trazido junto à Cabofriense, assumiu a posição, mas não teve boas atuações.