Neste último sábado (23), o mundo viu do que a seleção da Alemanha é capaz e se muitos já consideravam a atual campeã mundial como praticamente fora da Copa de 2018 [VIDEO], agora já a veem como um dos favoritos. Os brasileiros de um modo especial acompanharam a capacidade de reação da seleção alemã, pois até hoje não esqueceram da goleada de 7 a 1 na Copa de 2014 e muitos até temem um possível novo encontro.

O Brasil está tendo dificuldades no mundial da Rússia. O time não se mostrou tão bem preparado como se esperava e Tite enfrenta um sério problema que são as lesões de alguns jogadores, como Danilo e Douglas Costa. Com a reação da Alemanha contra a Suécia e uma belíssima vitória de 2x1, cresce a possibilidade de um dos encontros mais esperados desta Copa.

Brasil e Alemanha poderão se enfrentar novamente e já na próxima fase, nas oitavas de final.

A Seleção Brasileira assumiu a liderança de seu grupo ao vencer a Costa Rica, já que foi com uma diferença maior de gols da vitória da Suíça sobre a Sérvia, que terminou em 2x1. Os dois jogos finais do grupo serão na próxima quarta-feira, dia 17, às 15 horas. Se a Suíça ganhar por 1 a 0 e o Brasil também vencer, pois joga neste mesmo dia e horário, terá a liderança garantida.

Sendo assim, a seleção brasileira joga contra os alemães, que são o segundo do seu grupo, já que venceram os suecos por 2 a 1. Se os alemães continuarem nesta posição até o término desta fase de grupos, então o time de Tite terá o maior de todos os desafios nesta Copa do Mundo.

Porém, se a seleção brasileira apenas empatar com a Sérvia e a Suíça ganhar da Costa Rica, então o Brasil ficará com o segundo lugar e vai jogar contra o primeiro colocado do grupo da Alemanha, que neste momento é o México.

Brasil e Alemanha só jogaram duas vezes até hoje [VIDEO], em Copas do Mundo, sendo que a primeira foi em 2002, quando a seleção brasileira venceu por 2 a 0 e a segunda vez foi em 2014, quando os germânicos venceram de goleada. O 7 a 1 até hoje é lembrado com muita tristeza pelo torcedor e muitos torcem para que não haja um novo confronto na Rússia.

Kroos salvou a Alemanha

Toni Kroos estragou a festa da Suécia e deixou a Alemanha mais viva do que nunca na Copa do Mundo 2018. Foi uma virada história e mesmo com um jogador a menos, a seleção alemã foi com tudo pra cima do adversário, deixando o medo de lado e não se arrependeu do resultado.

E aos 50 minutos do segundo tempo, Toni Kroos escreveu seu nome na história da Copa da Rússia, marcando um belíssimo gol de falta, garantindo assim a vitória de 2 a 1 para seu time.