Depois da surpreendente demissão do técnico Julen Lopetegui, anunciado pelo Real Madrid [VIDEO] pouco antes da estreia da seleçao espanhola na Copa do Mundo 2018, a Espanha foi rápida e promoveu o diretor esportivo Fernando Hierro como o novo treinador da Fúria no Mundial. Agora, a Roja tenta colocar panos quentes na bombástica situação e se preparar para o clássico contra Portugal, válido pela primeira rodada do Grupo B da Copa.

Vizinhos de fronteira, os países mantém uma antiga rivalidade, e vão se enfrentar logo em sua estreia no Mundial 2018. A partida acontece nesta sexta-feira, dia 15, a partir das 15h de Brasília.

O jogo será realizado no Estádio Fisht, em Sochi.

Questionado por jornalistas se a Espanha irá mudar em relação ao técnico anterior, Hierro foi cético. Segundo ele, “é impossível mudar em dois dias”. No entanto, o novo treinador da Fúria destacou que a equipe tem o desejo de ser protagonista na Copa, e que quer dar 100% de si na competição. “Teremos três finais pela frente e a primeira será amanhã”, destacou Hierro, que elogiou a equipe de Portugal, relembrando que o time do craque Cristiano Ronaldo é o atual campeão da Eurocopa.

Capitão da seleção espanhola, o zagueiro Sérgio Ramos afirmou que “não cabe aos jogadores” falar da troca no comando técnico da equipe. O jogador do Real Madrid afirmou que a situação na Espanha se assemelha a “uma casa funerária”, mas destacou as qualidades de Hierro e afirmou que a equipe tem a mesma meta de antes e que almeja voos altos na competição.

“Estamos aqui para ganhar a Copa do Mundo e nada irá mudar isso”, disse Ramos.