Competição mais almejada pelas equipes sul-americanas, a Copa Libertadores da América 2018 teve seus confrontos de oitavas de final definidos após sorteio realizado nesta segunda-feira, dia 4 [VIDEO], na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai. Classificadas para a fase de mata-mata da competição, as equipes brasileiras do Palmeiras, Grêmio, Corinthians, Santos, Flamengo e Cruzeiro conheceram seus adversários, com direito a duelo nacional entre os dois últimos, que reeditam a final da Copa do Brasil de 2017, vencida pela Raposa em cima do Mengão.

Melhor equipe da fase de grupos da Libertadores 2018, o Palmeiras enfrenta o time paraguaio do Cerro Porteño, fazendo o primeiro jogo em Assunção e o segundo em São Paulo.

Melhor segundo colocado do torneio e com pontuação superior a de alguns líderes de grupos, os paraguaios prometem ser um desafio digno das ambições do Verdão de conquistar o título, que venceu uma única vez, em 1999, quando enfrentou o mesmo Cerro na fase de grupos.

Arqui-rival do Palmeiras, o Corinthians também está classificado para as oitavas, onde enfrentará os chilenos do Colo-Colo, com a segunda partida também em São Paulo. Último classificado para as oitavas, a equipe chilena tem o meia Valdívia, ídolo palmeirense, como destaque. Após a saída do técnico Fábio Carille, que rumou para a Árabia, o Timão conta com Osmar Loss no comando para tentar conquistar o bi da competição que venceu em 2012.

Segundo melhor classificado da primeira fase e atual campeão da Libertadores, o Grêmio começa sua cruzada no mata-mata para defender seu título com duelos contra o Estudiantes.

Com forte tradição no torneio, a equipe argentina já venceu a Libertadores quatro vezes, contra três dos gremistas. Os times se enfrentaram na edição de 1983, quando o Grêmio se sagrou campeão pela primeira vez.

Dois dos times de maior tradição do Brasil, Flamengo e Cruzeiro se enfrentam nas oitavas, com primeiro jogo no Rio de Janeiro e a partida decisiva em Belo Horizonte. As equipes disputaram a final da Copa do Brasil de 2017, quando o Cruzeiro levou a melhor nos pênaltis, conquistando o título. A equipe mineira já levantou o caneco da Libertadores duas vezes, em 1976 e 1997, enquanto o Mengão venceu a competição uma vez, em 1981, sob o comando do ídolo Zico.

Tricampeão da competição, o Santos encara outro adversário de peso nas oitavas da Libertadores. O adversário do Peixe será o Independiente, maior campeão da história da Libertadores, com sete conquistas. O time se classificou para esta edição do torneio ao conquistar a Copa Sul-Americana de 2017 em cima do Flamengo. Primeiro em seu grupo, o Santos faz a primeira partida na Argentina e decide a vaga para as quartas na Vila Belmiro.

Quartas de final podem ter clássico paulista e duelo contra gigantes argentinos

Além das disputadas das oitavas, o sorteio realizado pela Conmebol nesta segunda-feira também definiu o chaveamento da fase final da Libertadores 2018. Caso Palmeiras e Corinthians passem de seus adversários nas oitavas, os clubes podem se enfrentar já nas quartas, reeditando as históricas partidas de 1999 e 2000, quando o Palmeiras se deu melhor.

Na mesma chave, o vencedor de Flamengo e Cruzeiro pega o ganhador do confronto entre o Boca Juniors e o Libertad, do Paraguai. Uma das equipes mais temidas na Libertadores, o Boca faz a segunda partida em casa, na lendária Bombonera, em Buenos Aires.

Do outro lado, outros dois gigantes argentinos se enfrentam nas oitavas. Racing e River Plate se encaram em clássico nacional, com a segunda partida a ser realizada no Monumental de Nuñez, estádio do River. Quem passar pega o vencedor de Independiente e Santos nas quartas.

No mesmo chaveamento, o vencedor do confronto entre Grêmio e Estudiantes pega a equipe que se classificar na disputa entre os argentinos do Atlético Tucumán e os colombianos do Atlético Nacional, campeão em 2016. Com melhor campanha na fase de grupos, a equipe colombiana decide o torneio em casa, no estádio Atanasio Girardot, em Medellín.