A primeira temporada do atacante Douglas Costa pela Juventus, quanto atuou em 47 partidas e fez seis gols e distribuiu 14 assistências, agradou a comissão técnica e a diretoria do clube italiano, que nesta quinta-feira (7), anunciou que irá exercer a opção de compra do jogador brasileiro junto ao Bayern de Munique. O novo contrato assinado [VIDEO] será válido até 30 de junho de 2022.

A Velha Senhora emitiu um comunicado oficial para anunciar a compra em definitivo do atleta e não poupou elogios ao brasileiro [VIDEO]. Dentre as qualidades destacadas estão o controle de bola e a capacidade de dribles. “Um pesadelo par aos defensores adversários”, disse.

O valor da transação gira em torno [VIDEO] de 40 milhões de euros, cerca de 186 milhões de reais, que será pago em duas parcelas. As cifras são bem superiores do que a anunciada pela imprensa na época em que ele chegou ao time italiano. Na ocasião seu valor inicial da transação era de 6 milhões de euros, ou 28 milhões de reais na cotação atual.

Grêmio vai faturar

Quem ficou muito satisfeito em saber da transferência foi o Grêmio, que embolsará uma porcentagem por ser o clube formador do atleta, como prevê o Mecanismo de Solidariedade da FIFA, que repassa 5% do valor da transação ao clube (ou clubes) que o jogador defendeu entre os 12 e 23 anos. O atacante atuou sete anos nas categorias de base do Tricolor Gaúcho por sete anos e outros dois no profissional, o que dá o direito do clube receber 2,8% do valor, o que dá pouco mais de 5 milhões de reais.

Essa será a terceira vez que o Grêmio será beneficiado pelo mecanismo em uma transação envolvendo Douglas Costa. Quando ele saiu do Shakhtar Donetsk para o Bayern o clube já havia recebido 3 milhões de reais e depois faturou outros 623 mil quando ele foi emprestado do time alemão para a Juventus. Fora os outros 17,5 milhões de reis recebidos quando ele foi vendido para o time ucraniano em 2010.

Mudou de time

Outro jogador da Seleção Brasileira que foi envolvido em uma grande transação nesta semana foi o atacante Fred, que trocará o Shakhtar Donetsk pelo Manchester United. O acordo foi fechado na última segunda-feira e o clube inglês pagará por ele - de acordo com informações que circulam pela imprensa -, cerca de 55 milhões de euros (260 milhões de reais).

No início do ano ele quase foi parar no lado azul da cidade de Manchester, quando o City lhe fez proposta, porém pelo fato de estar nas oitavas de final da Liga dos Campeões, o Shakhtar barrou sua saída naquele momento.