O Palmeiras enfrenta o Grêmio nesta quarta-feira (06) pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Roger Machado tem alguns problemas para formar a equipe. O atacante Keno e o lateral Diogo Barbosa estão lesionados e ausentes da partida. Antônio Carlos cumprirá suspensão automática e também não joga. Enquanto isso, Miguel Borja foi confirmado na delegação colombiana que viajará para a Rússia para disputar o Mundial.

Victor Luiz e Thiago Martins devem voltar ao time. Marcos Rocha, que cumpriu suspensão, também retorna. Lucas Lima deve seguir no banco de reservas, enquanto Moisés deve começar o duelo como titular.

Keno no Departamento Médico e com proposta na mesa

Keno chegou ao Palmeiras em 2017 depois de negociação com o Santa Cruz.

O veloz jogador foi um dos destaques da equipe do nordeste e chamou a atenção de Alexandre Mattos, executivo de Futebol.

Aos poucos, o jogador foi mostrando sua habilidade e seu futebol. Tomou a vaga como titular e ganhou confiança com Roger Machado. Fez gols importantes e teve boas atuações. Isso já foi o bastante para chamar a atenção de clubes do exterior.

O futebol árabe, mais especificamente o Al-Nassr, está sondando Keno e já mandou proposta diretamente para o Palmeiras. O valor? R$ 35 milhões (8 milhões de euros). Quem confirmou foi o empresário do atleta, Ribeiro Neto. Ele conversou com o site Nosso Palestra e comentou sobre a possibilidade.

O agente de Keno disse que ele 'está em paz' no Palmeiras e que não quer sair no momento. Os árabes [VIDEO] consultaram primeiro o Palmeiras para saber da possibilidade de negócio.

O salário do atacante fatalmente deverá ter aumento considerável e atrativo. Fábio Carrile, ex-técnico do Corinthians, por exemplo, também tinha o desejo de permanecer, mas os valores da transação e os vencimentos foram exorbitantes, e impossíveis de recusar.

Na semana passada, Maurício Galiotte, presidente do Alviverde, garantiu que algumas propostas já estavam chegando para alguns jogadores. Ele não revelou [VIDEO] detalhes, mas confirmou que todas seriam analisadas e, se fossem de acordo com o que o Palmeiras busca, o martelo seria batido.

Palmeiras tem negociações finalizadas

O volante Tchê Tchê já foi negociado com o futebol da Ucrânia. O lateral João Pedro, que estava no Bahia, vai defender o Porto, de Portugal. João Pedro, por sinal, foi cria da base na Academia de Futebol, e vai render mais de R$ 10 milhões aos cofres palmeirenses. O clube não tinha a intenção de repatriá-lo novamente e o mesmo sequer teria espaço no time de Roger Machado.

Aos poucos, o clube vai resolvendo a vida de jogadores que estão emprestados ou que não serão utilizados ao longo da temporada.