Para quem acompanhou a Copa do Mundo 2018, o nome de Antoine Griezmann foi um dos mais importantes. E não poderia ser diferente. Mesmo sem o prêmio da Bola de Ouro da competição, o camisa 7 da França foi um dos principais nomes de sua seleção, e responsável pela eficiência do ataque ao lado do talentoso jovem Kylian Mbappé. Foi eleito, inclusive, o melhor jogador da final. Também ficou com a Bola de Prata (segundo melhor jogador do mundial) e a chuteira de bronze (terceiro colocado na artilharia).

Porém, o nome de Griezmann já é bem conhecido para os fãs do clube espanhol Atlético de Madrid. Por lá o atacante é um dos principais nomes do ataque. Com uma perna esquerda precisa e chutes matadores, o francês também se destaca na cobrança de faltas e pênaltis. Talento que já lhe rende um valor de mercado de 120 milhões de euros. O que tende a aumentar depois de seu bom desempenho na Copa e seu título com a França.

Inclusive, em entrevista, o presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, brincou ao falar que, caso a bola de ouro de melhor jogador do mundo não seja dada a Griezmann, será necessário chamar o VAR para investigar. A brincadeira, claro, foi em alusão ao recurso tecnológico implementado durante o mundial na Rússia.

E o camisa 7 é destaque desde muito jovem. Com apenas 13 anos saiu da França com a família para jogar no Real Sociedad.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

E a mudança provou ser muito positiva. Assim como muitos garotos, Griezmann saiu de sua terra natal para brilhar no exterior. Com boas partidas o jogador foi comprado em 2014, com 23 anos, por 30 milhões de euros pelo Atlético de Madrid. E, de lá para cá, virou a estrela do time.

Atualmente, valendo bem mais no mercado da bola, Griezmann é objeto de desejo de grandes clubes europeus como Barcelona e Real Madrid e fica a dúvida se irá continuar ou não seu contrato com o Atlético, que vale até 2023.

Apesar da renovação recente com os Colchoneros, as cifras dos poderosos clubes bilionários podem encantar tanto o francês como seduzir o Atlético a vendê-lo. Pela seleção francesa, Antoine Griezmann é convocado desde a equipe sub-19 e se tornou titular absoluto do ataque francês.

Números:

Gols: 164 no total, sendo 52 em 201 partidas pelo Real Sociedad, 112 em 214 partidas pelo Atlético de Madrid

Cartões: em todos os anos de campeonato espanhol Griezmann tem apenas 1 cartão vermelho. Amarelos são 58.

Seleção: antes da Copa o atacante tinha 24 gols em 61 jogos pela seleção principal. Na Rússia, o camisa 7 marcou 4 vezes.

Artilharia: Eurocopa 2016 (6 gols)

Títulos

Clubes: pelo Real Sociedad a Liga Adelante: 2009–10, pelo Atlético de Madrid foram: Liga Europa da UEFA: 2017–18, Supercopa de Espanha: 2014, Troféu Ramón de Carranza: 2014, 2015 e Copa Audi: 2017.

Seleção Francesa: Copa do Mundo FIFA: 2018, Campeonato Europeu Sub-19: 2010

Curiosidades:

Nascimento: 21 de março de 1991, Mâcon, França

Esposa: Erika Choperena

Filha: Mia Griezmann

Irmãos: Maude e Théo Griezmann

Redes sociais: Instagram e Twitter 'antogriezmann'

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo