A seleção brasileira [VIDEO] venceu o México por 2 a 0, nesta segunda-feira (2), na Samara Arena, em Samara, e está nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia [VIDEO]. Os gols brasileiros foram marcados no segundo tempo por Neymar e Roberto Firmino.

O primeiro gol do Brasil foi marcado por Neymar, aos seis minutos do segundo tempo. O craque brasileiro começou a jogada e deixou de calcanhar para Willian. O meia do Chelsea passou pelo no meio da defesa mexicana, entrou na área e cruzou. A bola passou por Gabriel Jesus, mas não por Neymar. O camisa 10 da seleção entrou de carrinho e abriu o marcador.

O segundo gol foi marcado já no finalzinho do jogo.

Fernandinho tocou para Neymar na ponta esquerda. O craque do PSG entrou na área e deu de bico. A bola tocou no goleiro Ochoa, e Firmino completou para o gol. O centroavante do Liverpool entrou no lugar de Philippe Coutinho. Foi o primeiro gol marcado por um centroavante da seleção brasileira, já que o titular, Gabriel Jesus, passou em branco nos quatro jogos até agora.

O Brasil enfrenta agora a Bélgica, que eliminou o Japão em outra perna das oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. O duelo entre brasileiros e belgas será na próxima sexta-feira (6), às 15.

Neymar é caso a parte

Neymar foi eleito o craque do jogo pela Fifa (Federação Internacional de Futebol). O 10 brasileiro falou depois do jogo sobre seu desempenho até aqui na Copa do Mundo.

"Não quero que seja a Copa do Neymar. Quero que seja a Copa do Brasil, o coletivo é muito mais importante.

Vim de meses sofridos, pela lesão. Batalhei pra estar aqui, demonstração de vontade, de querer representar meu pais. A emoção é grande, e fico feliz de estar voltando ao meu ritmo normal".

A atuação de Neymar gerou críticas por parte dos adversários e alguns ícones do futebol mundial. O principal momento aconteceu no segundo tempo, quando o Brasil já ganhava por 1 a 0, com um gol dele mesmo.

Com a bola já do lado de fora, o mexicano Miguel Layún deu um pisão no tornozelo direito de Neymar, o mesmo que o craque do PSG machucou e precisou ser operado meses antes da Copa do Mundo.

O técnico mexicano Juan Carlos Osório criticou muito o craque brasileiro ao final da partida. Segundo o colombiano Osório, o árbitro favoreceu muito o Brasil e "protegeu" Neymar durante toda a partida. O treinado ainda afirmou que o 10 brasileiro é um "péssimo exemplo para o mundo do futebol e para todas as crianças que estão acompanhando".

O técnico Tite defendeu seu camisa 10 contra as críticas que ele estava sofrendo.

O treinador da seleção brasileira afirmou que não iria responder diretamente Osório e ponderou que o vídeo do pisão estava disponível para quem quisesse olhar.

O ex-goleiro da Dinamarca, Peter Schmeichel, que ganhou destaque ontem após a atuação de seu filho, Kasper Schmeichel, foi outro que detonou a atuação de Neymar.

"Meu Deus, Neymar até ganhou o prêmio de melhor jogador da partida, mas a Fifa tem de olhar para a maneira como ele se comportou nesse jogo. Não consigo achar outra maneira de descrever que não seja lamentável", disse ele.

O dinamarquês ainda completou dizendo que é muito irritante a maneira como o craque brasileiro tenta forçar cartões amarelos em seus adversários. O ex-goleiro ainda fez uma apelo a entidade máxima do futebol. Segundo ele, o árbitro de vídeo deveria ser utilizado para punir Neymar por simulação e, eventualmente, até expulsá-lo. "Só assim ele vai aprender", finalizou.

Brasil, Bélgica, Uruguai e França estão de um lado da chave da Copa do Mundo nas quartas e final. Do outro, Rússia e Croácia também estão nas quartas. Colômbia x Inglaterra e Suíça x Suécia decidem as últimas duas vagas.