Exatamente quatro anos após fazer a falta que provocou o afastamento do atacante brasileiro Neymar da Copa de 2014, disputada no Brasil, o lateral colombiano Camilo Zúñiga anunciou que está encerrando sua carreira profissional. O jogador afirmou que a decisão de deixar os gramados foi em razão de uma de uma lesão no joelho direito, que o deixou afastado dos gramados por mais de uma temporada.

O joelho machucado é o mesmo que atingiu o camisa 10 brasileiro, que acabou sofrendo uma fratura na terceira vértebra lombar.

O lance aconteceu na partida das quartas de final da Copa passada, disputada no dia 4 de julho, no estádio Castelão, em Fortaleza, quando os brasileiros venceram por 2 a 1 e carimbaram a passagem para a fatídica semifinal, quando sem poder contar com seu melhor jogador, o time deu aquele vexame histórico no Mineirão ao perderem para a Alemanha por 7 a 1. Para completar, na decisão de terceiro lugar o time dirigido por Luiz Felipe Scolari ainda perdeu por 3 a 0 para a Holanda na decisão de terceiro lugar.

“Foram muitos anos sofrendo, tentando voltar bem. Só eu sabia o que sentia”, disse o jogador colombiano de 32 anos, que na carreira defendeu os Siena, Napoli, Bologna, Watford e Atlético Nacional, este último que o revelou e onde ele agora encerra a carreira. O agora ex-jogador disse ainda que precisava tomar antinflamatórios e fazer infiltrações. O jogador havia retornando ao time de Medellín em janeiro, porém, por conta dos problemas físicos, conseguiu fazer apenas cinco partidas.

Ele disse ainda que os problemas começaram quando ele defendia o Atlético Nacional em sua primeira passagem, mas que eles se agravaram quando ele defendeu o Watford, entre 2016 e 2017.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Santos PaixãoPorFutebol

Foi nesse período que o jogador começou a pensar na aposentadoria. Pela seleção da Colômbia, o jogador participou de 62 partidas, anotou um gols e ainda disputou a Copa de 2014, onde fez quatro jogos.

O Atlético Nacional ofereceu ao jogador um cargo na comissão técnica, porém Zúñiga disse que primeiro quer tirar alguns dias de férias antes de decidir o que fará no futuro.

Jogador ficou marcado por lance em Neymar

A entrada que provocou a saída de Neymar da Copa em 2014 fez com que Zúñiga ficasse conhecido como sendo um jogador violento e desleal.

Porém não é dessa forma que ele é visto por companheiros de time.

Em entrevista dada ao site da ESPN Brasil, em 2015, o brasileiro Emílson Cribari, com quem jogou com ele no Napoli, disse que o colombiano é um atleta bem tranquilo dentro de campo. “É um cara muito tranquilo e parceiro, todo mundo dentro do vestiário gosta dele”, disse o ex-companheiro. “Pena que essa imagem ficou marcada. Foi uma fatalidade”, completou.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo