Na noite desta terça-feira, em reunião de seu Conselho Deliberativo no Salão Nobre das Laranjeiras, o Fluminense apresentará, de forma oficial, os detalhes dos novos uniformes da equipe de Futebol profissional e o destaque ficará por conta do terceiro uniforme a ser produzido pela Under Armour, fornecedora de material esportivo do clube de Álvaro Chaves e essa vestimenta deverá causar um alvoroço, pois a cor escolhida não foi a verde, a grená ou a branca, mas a azul , no tom do Paris Saint-Germain.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações de bastidores, a nova terceira camisa do Fluminense terá duas barras verticais grená e verdes da gola à barra, lembrando o modelo utilizado pelo Vélez Sarsfield, da Argentina, nas temporadas de 2011 e 2012.O escudo será centralizado.

Já nos outros uniformes, poucas novidades. A camisa tricolor será parecida à de 1995, ano do gol de barriga de Renato Gaúcho na final do daquele Campeonato Carioca diante do Flamengo.

Publicidade

A diferença para esse modelo fica na gola, que, ao invés de branco, terá a cor grená. No caso da camisa branca, haverá detalhes em grená na altura da clavícula e nas mangas com a marca da Under Armour. A fonte de números e letras utilizados no uniforme seguirá o novo padrão, conforme já acontece nas novas camisas do Sport.

Os novos uniformes, que deverão ser lançados no mercado somente em outubro, precisarão ser aprovados, o que deverá ocorrer sem qualquer dificuldade, pois a maioria dos conselheiros já declarou ter gostado da coleção.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Curiosidades

Com dúvida no ataque, Fluminense treina para Sul-Americana

Na parte da tarde, o técnico Marcelo Oliveira dirigiu, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, mais um treinamento, visando a partida de quinta, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, diante do Defensor, do Uruguai.

Com o campo setorizado, o treinador orientou posicionamento ofensivo e defensivo, além de dar atenção à posse de bola.

No final, jogadores trabalharam cobranças de faltas e pênaltis.

A equipe continua indefinida. Com um edema na coxa direita, o atacante Júnior Dutra terá poucas chances de estar à disposição. Caso seja realmente vetado, Marcos Júnior e Everaldo disputam a vaga para formar o ataque ao lado de Pedro.

O duelo de volta entre Fluminense e Defensor será realizado no dia 16 de agosto, em Montevidéu. Quem avançar, enfrenta, na próxima fase da Copa Sul-Americana, o vencedor de Deportivo Cuenca, do Equador, e Jorge Wilstermann, da Bolívia.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo