Na noite desta terça-feira, em reunião de seu Conselho Deliberativo no Salão Nobre das Laranjeiras, o Fluminense [VIDEO] apresentará, de forma oficial, os detalhes dos novos uniformes da equipe de Futebol profissional e o destaque ficará por conta do terceiro uniforme a ser produzido pela Under Armour, fornecedora de material esportivo do clube de Álvaro Chaves e essa vestimenta deverá causar um alvoroço, pois a cor escolhida não foi a verde, a grená ou a branca, mas a azul , no tom do Paris Saint-Germain.

Segundo informações de bastidores, a nova terceira camisa do Fluminense [VIDEO] terá duas barras verticais grená e verdes da gola à barra, lembrando o modelo utilizado pelo Vélez Sarsfield, da Argentina, nas temporadas de 2011 e 2012.O escudo será centralizado.

Já nos outros uniformes, poucas novidades. A camisa tricolor será parecida à de 1995, ano do gol de barriga de Renato Gaúcho na final do daquele Campeonato Carioca diante do Flamengo. A diferença para esse modelo fica na gola, que, ao invés de branco, terá a cor grená. No caso da camisa branca, haverá detalhes em grená na altura da clavícula e nas mangas com a marca da Under Armour. A fonte de números e letras utilizados no uniforme seguirá o novo padrão, conforme já acontece nas novas camisas do Sport.

Os novos uniformes, que deverão ser lançados no mercado somente em outubro, precisarão ser aprovados, o que deverá ocorrer sem qualquer dificuldade, pois a maioria dos conselheiros já declarou ter gostado da coleção.

Com dúvida no ataque, Fluminense treina para Sul-Americana

Na parte da tarde, o técnico Marcelo Oliveira dirigiu, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, mais um treinamento, visando a partida de quinta, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, diante do Defensor, do Uruguai.

Com o campo setorizado, o treinador orientou posicionamento ofensivo e defensivo, além de dar atenção à posse de bola. No final, jogadores trabalharam cobranças de faltas e pênaltis.

A equipe continua indefinida. Com um edema na coxa direita, o atacante Júnior Dutra terá poucas chances de estar à disposição. Caso seja realmente vetado, Marcos Júnior e Everaldo disputam a vaga para formar o ataque ao lado de Pedro.

O duelo de volta entre Fluminense e Defensor será realizado no dia 16 de agosto, em Montevidéu. Quem avançar, enfrenta, na próxima fase da Copa Sul-Americana, o vencedor de Deportivo Cuenca, do Equador, e Jorge Wilstermann, da Bolívia.