Por tradição, o camisa 9 é o matador da equipe, o artilheiro responsável por balançar as redes e transformar as oportunidades em tentos. Na prática, nem sempre é assim. Camisa 9 da seleção da França [VIDEO], Olivier Giroud tem apenas mais um jogo para não passar a Copa do Mundo de 2018 em branco. E não é uma partida qualquer: é a final da Copa da Rússia.

Nas semifinais, os franceses contaram com a cabeçada do zagueiro Umtiti [VIDEO]para superar a Bélgica e garantir o lugar na grande decisão. Agora, Giroud se concentra para tentar ser decisivo para sua equipe na partida contra o vencedor da disputa entre Inglaterra e Croácia, que jogam hoje.

Mas, mesmo se não marcar, Giroud pode repetir outro camisa 9 francês e se tornar campeão mundial sem anotar nenhum gol. As informações foram veiculadas pelo portal Globo Esporte.

Na histórica campanha de 1998, o centroavante Stephanie Guivarc’h vestia a 9 dos “Bleus” e passou em branco naquele torneio, incluindo a final, quando a França venceu o Brasil por 3 a 0 em Paris, garantindo o primeiro título dos anfitriões da ocasião.

Até o momento, Giroud finalizou 14 vezes a gol, acertando o alvo em apenas uma delas. Para sorte do atual camisa 9, o técnico Didier Deschamps, também campeão em 1998, não vê problemas na falta de tentos, e exalta o trabalho tático feito por Giroud. Situação parecida foi vivida pelo Brasil nessa Copa. Camisa 9 do escrete canarinho, Gabriel Jesus não anotou nenhum gol na competição, e foi defendido pelo técnico Tite.

O Brasil acabou eliminado por 2 a 1 pela Bélgica nas quartas de final.

Em entrevista, o próprio Giroud minizou a falta de gols, destacando que prefere conquistar o título a marcar na Copa. "Se eu for campeão, está ótimo", disse o camisa 9.