Um dos jogadores mais contestados do elenco do Corinthians [VIDEO], o meia Marquinhos Gabriel ainda não conseguiu uma sequência de jogos que o fizesse se firmar no time titular do Corinthians e cair nas graças dos torcedores. No clube desde 2016, por diversas vezes ele já teve seu nome especulado em uma possível saída, mas no que depender de sua vontade, ficará no Parque São Jorge até o final desde ano, mesmo ainda sendo opção do banco de reservas de Osmar Loss.

Na última quarta-feira (11), após o fim do jogo amistoso contra o Cruzeiro na Arena, em Itaquera, o jogador voltou a comentar sobre seu futuro. Ele revelou ter recebido propostas de outros clubes, mas que seu desejo é seguir no alvinegro até o término de seu contrato, e que vai até permanecer no clube pelo menos até o mês de dezembro.

“Pintaram algumas coisas, sim ... acho que não é o momento de sair”, disse. “Mas agora não é o momento, sigo aqui, pelo menos até o final da temporada”, prosseguiu o atleta que tem contato até 2020.

Nos últimos meses, vários clubes como Santos, Bahia, Atlético Mineiro e Botafogo sondaram a contratação do jogador de 27 anos, mas a resposta sempre foi a mesma. Para recusar a proposta do Botafogo, ele usou como justificativa o receio da família em morar no Rio de Janeiro.

No Corinthians, o meia-atacante já fez 98 partidas, marcando 12 gols. Ele ainda conquistou o título de Campeão Brasileiro em 2017 e foi bicampeão paulista.

Décimo colocado no Campeonato Brasileiro com 16 pontos ganhos em dez jogos disputados, o Corinthians volta a jogar na próxima quarta-feira (18), quando recebe o Botafogo, às 21h45, na Arena.

Vindo de três amistosos, dois contra o Cruzeiro e um contra o Grêmio, esse será o primeiro jogo oficial do clube após a parada para a Copa do Mundo [VIDEO].

Empresário confiante na renovação do meia Jadson

O meia Jadson está bem perto de renovar seu contrato com o Corinthians. Pelo menos é o que cravam os empresários do jogador, que nesta quinta-feira (12), estiveram reunidos com os dirigentes alvinegros.

De acordo com o empresário Marcelo Robalinho, as conversas com os dirigentes corintianos tiveram um teor muito produtivo. “Foi uma conversa boa, as duas partes demonstraram interesse na renovação”, disse o agente do jogador de 34 anos.

A intenção do jogador é mesmo seguir no Parque São Jorge, uma vez que semanas atrás ele sequer se interessou em saber detalhes sobre uma consulta feita pelo do Al-Nassr, da Arábia Saudita.