Contratado para substituir Abel Braga, Marcelo Oliveira está há seis dias no comando da equipe de futebol profissional do Fluminense [VIDEO] que, depois de um bom início, chegando a ocupar a vice-liderança, vem de um jejum de cinco vitórias e despencou para o 12º lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Em entrevista concedida ao portal Globoesporte, o treinador foi bastante ousado sobre os seus objetivos no clube das Laranjeiras. Segundo ele, a grandeza da agremiação não permite outra meta diferente de buscar todos os títulos possíveis.

"O Fluminense não pode só participar. Temos que pensar no melhor, que é o título.

É um time vencedor, acostumado a essas grandes competições", disse o comandante, acrescentando.

"O Fluminense foi campeão não tem muito tempo, duas vezes, em 2010 e 2012. Não sendo assim, pelo menos a Libertadores", complementou.

Outro ponto abordado foi a chegada de reforços. Até o momento, o Flu [VIDEO] trouxe, durante o período de recesso por conta da disputa da Copa do Mundo, na Rússia, o zagueiro Digão, jogador revelado no próprio clube e que estava no Cruzeiro, além do atacante Luciano, ex-Corinthians e voltando após um longo período no futebol europeu. De acordo com Marcelo Oliveira, no entanto, para aumentar o grau de competitividade da equipe verde, branco e grená, são necessárias mais contratações, principalmente de jogadores com experiência.

"A ideia é fortalecer a experiência do time.

São 18 jogadores da base em um elenco de menos de 30 atletas. É importante também dar sustentação com jogadores experientes que nos momentos de dificuldade possam dar suporte", explicou.

Antes de retomar a temporada, o Fluminense pode trazer mais uma peça para o setor defensivo (Titi, ex-Inter, Bahia e Vasco, vem sendo bastante especulado), um meia, pois só conta com Junior Sornoza, Luquinhas e Fernando Neto como opções e um centroavante, que viria para fazer sombra a Pedro.

Atuando com os reservas na última terça, o Fluminense disputou um jogo-treino no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca e goleou o Maricá por 4 a 0. No mesmo local, nesta quarta, dessa vez usando os titulares, o Tricolor fará um novo jogo-treino, encarando a Portuguesa-RJ. O primeiro compromisso oficial, que também marcará a estreia de Marcelo Oliveira, acontecerá daqui a duas semanas. Na quinta, 19 de julho, a partir das 20h (de Brasília), a equipe das Laranjeiras, em São Januário, terá o clássico carioca da reabertura do Brasileirão diante do Vasco.