O Palmeiras [VIDEO] não tem mundial”. Quantas vezes você já deve ter visto essa frase, costumeiramente dita por torcedores rivais para provocar o alviverde pelo fato dele ser, dentre os quatro grandes clubes de São Paulo, o único a não possuir tal honraria, apesar da torcida e dos dirigentes se apegarem ao fato do clube possuir a Copa Rio de 1951, a qual eles apontam como sendo o primeiro mundial de interclubes disputado na história.

Neste final de semana, no entanto, a zoeira saiu das redes sociais e foi parar em uma delegacia. Isso porque a frase provocativa foi exibida no placar eletrônico, no Estádio do Café, em Londrina, momentos antes da partida entre Londrina e Sampaio Correia, válida pelo Campeonato Brasileiro da Série B.

A administração do estádio justifica o foto como sendo ação de hackers.

“Fomos vítimas de hackers que acessaram o sistema”, disse o administrador Fernando Madureira, que também relatou que os invasores cibernéticos apagaram diversos documentos que estavam na máquina. Ele acionou a Polícia Militar e também a empresa responsável pela gestão do placar para apurar o ocorrido. Para Madureira, é muito improvável que alguém tenha praticado a provocação de forma manual, uma vez que existe a presença de duas viaturas logo abaixo do caminho que dá acesso ao marcador.

A cidade de Londrina fica a 400 quilômetros de Curitiba e por se encontrar mais próxima da divisa com o estado de São Paulo do que da capital paranaense, é muito grande o número de torcedores de times paulistas que vivem na cidade, o que explica a provocação feita à equipe do Palestra Italia.

A frase “o Palmeiras não tem mundial” começou a ser disseminada com mais forças logo após a conquista do título mundial da FIFA [VIDEO] pelo rival Corinthians. Se antes o alvinegro era motivo de chacota por ser o único dentre os grandes clubes paulista a nunca ter conquistado o título da Copa Libertadores da América, a provocação mudou de lado logo após o alvinegro ter ganho a competição continental e, posteriormente, o torneio organizado pela FIFA.

Brincadeira já rendeu demissão

Não é a primeira vez que o placar eletrônico ou telão de um estádio é usado para fazer provocação ao rival. Em 2015, logo após uma partida contra o Internacional pelo Campeonato Brasileiro, para comemorar a vitória por 2 a 1, o telão da Arena Corinthians exibiu a frase “põe no DVD”, uma clara provocação dos corintianos a torcida colorada.

O “maluco do telão”, como ficou conhecido o operador, foi demitido por conta da brincadeira, mas acabou sendo recontratado dias depois após uma maciça campanha nas redes sociais pedindo sua volta. No jogo seguinte disputado na Arena, a frase exibida foi: “obrigado Fiel”.