O Real Madrid [VIDEO] pode fazer nos próximos dias uma proposta para contar com os serviços do atacante brasileiro, naturalizado espanhol, Rodrigo Moreno, que joga pelo Valencia-ESP e defendeu a Espanha na última Copa do Mundo, na Rússia. O jogador chegaria para reforçar o setor da equipe que acabou de perder o grande astro Cristiano Ronaldo, vendo à Juventus.

O atual treinador do clube da capital espanhola, Julen Lopetegui dirigia a seleção da Espanha e foi justamente ele o responsável por levar Rodrigo à seleção. Outro fator que explica o interesse do clube espanhol no atacante é o fato de ter considerado muito alto o valor pedido pelo Chelsea para liberar o belga Eden Hazard, um sonho antigo do time.

Pessoas influentes dentro do Real Madrid [VIDEO] acham a contratação desnecessária, já que ele atua exatamente na mesma posição de Isco e Asensio, que são mais jovens que o jogador do Chelsea, e já estão adaptados ao clube merengue.

Já Rodrigo joga em uma posição mais centralizada no ataque, e seria uma alternativa à Karim Benzema. O jogador de 27 anos tem no seu contrato com o Valencia, que vale até o meio de 2022, uma multa rescisória de 120 milhões de euros (aproximadamente 520 milhões de reais), valor que pode ser negociado.

Rodrigo iniciou sua carreira justamente na equipe B do Real Madrid, o Real Madrid Castilla, e depois passou pelo Bolton-ING, Benfica-POR, ate chegar ao Valencia em 2014. Na última temporada, o atacante marcou 19 gols e foi peça fundamental na equipe que levou o Valencia a se classificar para a próxima Liga dos Campeões da Europa.

Cavani é sondado

Outra alternativa para o clube espanhol é o uruguaio Edinson Cavani, que defende o Paris Saint-Germain- FRA, mas seria uma negociação mais complicada, visto que o jogador faz planos do clube de Paris de conquistar a sua primeira Liga dos Campeões, sendo peça fundamental no elenco.

Um fator que pode pesar para Cavani fechar com o Real Madrid é o fato dele já ter revelado ter o sonho de atuar pelo clube espanhol. O uruguaio tem contrato com o PSG válido até a metade de 2020.

Apesar do sonho de jogar pelo Real Madrid, Cavani não está disposto a comprar uma briga com o presidente Nasser Al-Khelaifi, pois complicaria a sua relação com o clube caso a negociação não se concretize. Segundo o jornal AS, o plano do jogador é tentar convencer ao dono do PSG a aceitar a proposta do Real Madrid, caso essa venha a se concretizar. O atleta assinaria um contrato de três temporadas com os merengues para encerrar sua carreia em alto nível na Europa.

Edinson Cavani é ídolo da torcida do Paris Saint-Germain e marcou 89 gols em 98 jogos disputados nas últimas duas temporadas.