Depois de não querer renovar seu contrato com o São Paulo [VIDEO], o lateral Éder Militão está bem perto de definir seu futuro clube. De acordo com informações publicadas pelo jornalista Jorge Nicola, o jogador está bem perto de fechar um pré-acordo com a equipe do Porto, de Portugal, restando apenas o acerto de alguns detalhes. No Morumbi, a saída do jogador é dada como certa a partir de janeiro, porém ela já pode acontecer nas próximas semanas.

O vínculo do jogador com o São Paulo termina em 11 de janeiro do próximo ano, assim, a partir do dia seguinte, o jogador já poderá falar como jogador do time lusitano. Com isso, a partir desta quinta-feira (12), seis meses antes do término do acordo com o Tricolor, ele já poderá assinar um pré-contrato com os portugueses.

Ainda de acordo com Nicola, a ida do jogador para a Europa poderá ser antecipada. Segundo ele, os dirigentes do Porto estariam tentando convencer a cúpula do Tricolor a liberar o jogador já nesta janela de transferência. A ideia é poder contar com ele desde o início do campeonato Português e da Liga dos Campeões.

Essa não é a primeira vez que o clube fez esse pedido ao São Paulo [VIDEO]. No mês passado, eles já haviam tentado antecipar a ida de Cipriano, mas se assustaram com a pedida do Tricolor, que queria receber 10 milhões de euros, quase 45 milhões de reais, para liberar o lateral antes do prazo.

O São Paulo fez acordo parecido recentemente com Marquinhos Cipriano. O contrato do jogador ia até setembro, porém Shakhtar Donetsk aceitou pagar 1 milhão de euros (4,4 milhões de reais), para ter o jogador já a partir da pré-temporada europeia.

A diretoria do time paulista tentou por diversas vezes a renovação com Militão desde o ano passado. De lá para cá foram feitas três tentativas, mas sem sucesso. O Tricolor ofereceu um salário mensal na casa dos 300 mil reais, algo que o clube considera excelente para o futebol brasileiro, além de luvas milionárias. No entanto, o jogador recusou as ofertas oferecidas.

Formado nas categorias de base do clube, Éder Militão subiu aos profissionais no ano passado. Rapidamente ganhou espaço no time titular. De lá para cá, ele fez 52 jogos com a camisa do clube e marcou quatro gols.

Anote na agenda

Vice-líder do Campeonato Brasileiro ao lado do Atlético Mineiro, com 23 pontos, o São Paulo volta a jogar pela competição na próxima quarta-feira (18), quando encara o líder Flamengo, que está quatro pontos na frente, no estádio do Maracanã.