Daqui a pouco mais de um mês, a bola começará a rolar pelos gramados da Europa e a premier League mais uma vez está confirmando a condição de liga mais rica do planeta. A divisão de receitas de televisão e premiações dá aos times de meio de tabela a condição de fazerem grandes contratações, como é o caso do West Ham, que está perto de fechar a contratação [VIDEO]do meia Felipe Anderson junto a Lazio da Itália por 45,2 milhões de euros, algo em torno de 208 milhões de reais.

De acordo com informações obtidas por pessoas próximas ao atleta, a negociação está bem encaminhada, ficando apenas na dependência da realização de exames médicos.

E quem esfrega as mãos torcendo para que o negócio saia mesmo é a diretoria do Santos [VIDEO], clube onde o jogador se profissionalizou. Isso porque no contrato de venda do meia firmado com o time italiano, ficou estabelecido que o Peixe receberia 25% do lucro total da transferência.

Na época, o jogador foi para a Lazio por 7,5 milhões de euros, com isso, o lucro que o time teria na transferência que está prestes a se concretizar seria de 37,7 milhões de euros. Desse montante, 9,4 milhões de euros, pouco mais de 43 milhões de reais, seriam enviados aos cofres santistas. Ou seja, o valor é maior do que foi pago para o alvinegro quando o jogador deixou o futebol brasileiro há cinco anos.

Além disso, o Santos ainda tem direito a receber 5% do valor total da negociação, por conta da “Lei de Solidariedade” da FIFA, por conta do jogador ter sido revelado pelo Peixe.

Isso, então, corresponde a aproximadamente 2,3 milhões de euros, ou 10,6 milhões de reais. No total, o time paulista embolsará 55,8 milhões de reais. Um dinheiro e tanto para uma equipe que tem atravessado grande crise financeira nesta temporada.

Segue contratando

O West Ham tem se notabilizado nesta pré-temporada como um time que vem investindo pesado na reformulação de seu elenco. No final da semana passada, o clube de Londres conseguiu tirar o zagueiro Balbuena do Corinthians. Para ter o defensor campeão brasileiro, os ingleses desembolsaram a bagatela de 4 milhões de euros, trocado perto dos 45 que pretendem pagar pelo ex-santista.

Antes, a equipe já havia trazido o zagueiro Issa Diop, que estava no Toulouse, da França, o goleiro Lukasz Fabianski, do Swansea, e o lateral Ryan Fredericks, do Fulham. Já nesta segunda, foi apresentado o meia Jack Wilshere, que estava no Arsenal e chegou ao clube sem custos.

A equipe londrina faz sua estreia no Campeonato Inglês já encarando uma verdadeira pedreira, quando irá encarar o Liverpool em pelo estádio Anfield.