Neste domingo (1), às onze horas da manhã, o mundo contemplou a partida de Copa do Mundo entre Espanha e Rússia. Um jogo [VIDEO]longo e difícil para ambos os times, com muitas saídas de bola e com direito à prorrogação e pênaltis. O time espanhol nunca havia vencido um adversário que sediou a Copa do Mundo e continuou a manter essa tradição. A Rússia venceu após dois chutes de pênalti marcados pela Espanha serem defendidos e comemorou essa vitória junto à torcida fervorosa, que lotou o estádio nesse dia.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Após muito esforço, Rússia consegue vencer e prosseguir nas partidas de Copa do Mundo

Durante o primeiro tempo, a Espanha manteve a posse de bola na maior parte do tempo, desde o início da partida [VIDEO].

Aos quatro minutos, a Rússia reagiu um pouco, mas sem mostrar muita eficiência. Aos onze minutos, durante uma cobrança de falta, o jogador espanhol Sérgio Ramos e o russo Ignashevich disputaram a bola na área e esse último acabou fazendo um gol contra. Apesar da catástrofe, o time russo não mostrou reação para inverter a situação e o time espanhol passou a ficar apenas tocando a bola, sem atacar.

A Espanha, sem vigor em campo e iniciativa de ataque, mantinha o jogo sem evolução e objetividade. Aos 35 minutos, a Rússia começou a demonstrar maior vontade de marcar pontos, mas ainda não o suficiente para inverter a situação. Mas durante uma cobrança de falta, aos quarenta e um minutos, o jogador espanhol Piqué encostou o braço na bola, levando cartão amarelo e concedendo pênalti para a equipe rival.

Quem fez a cobrança de forma espetacular foi o jogador Dzyuba, levando os dois times ao empate. Então a equipe espanhola passou a mostrar reação, mas apesar do acréscimo de dois minutos, o primeiro tempo terminou empatado.

O segundo tempo começou com empolgação por ambos os times, com uma maior agressividade por parte do time espanhol, que estava mais rápido e tocando muito mais a bola. Mas a defesa russa estava forte e não conseguiram quebrá-la. As duas equipes brigaram, mas o gol não saiu e o segundo tempo também acabou empatado, levando à prorrogação.

Durante o primeiro tempo da prorrogação, apesar da Rússia estar bastante desgastada fisicamente, a iniciativa espanhola não teve êxito e continuaram empatados. No segundo tempo pôde-se perceber uma evolução nas jogadas e uma briga pela posse de bola, com movimentos mais eficientes por parte da Espanha, mas o jogo continuou empatado, indo para disputa por pênaltis.

A Rússia mostrou eficácia no final da partida ao acertar todos os lances, vencendo a Espanha, que acabou errando dois chutes. O time vencedor comemorou sua vitória e continuação na Copa do Mundo, agora rumo às Quartas de Final.