Depois de oficializar o acerto com o capitão da Costa Rica, Bryan Ruiz, o Santos entra em uma semana decisiva para fechar com outros dois reforços vindos do exterior. Nos próximos dias, os diretores alvinegros esperam se reunir com os representantes do volante Carlos Sánchez e do atacante Derlis González, a fim de sacramentar suas contratações.

A contratação do atacante, que atualmente está no Dínamo de Kiev, da Ucrânia, é vista com otimismo pela cúpula santista.

Publicidade
Publicidade

Embora ainda não tenha havido um encontro com seus agentes, o clube já ofereceu salários de 250 mil reais mensais por um ano de empréstimo. Recentemente, o Cerro Porteño do Paraguai também andou sondando o jogador, mas a pedida salarial foi alta demais para os padrões sul-americanos. No país vizinho, González já defendeu Rubio Ñu, Guarani e Olímpia.

Ainda com o clube atravessando momento financeiro delicado, a diretoria tentou envolver Vitor Bueno na troca, mas a oportunidade de jogar no futebol ucraniano não empolgou o atleta e, com isso, o Santos estuda envolver outro jogador como moeda de troca.

Publicidade

Carlos Sánchez

Depois de disputar a última Copa do Mundo com a seleção do Uruguai, o volante Carlos Sánchez, que passa um período de férias com a família, foi comunicado pelos dirigentes do Monterrey, do México, que não faz mais parte dos planos da equipe para a próxima temporada. Isso facilitou o caminho do Santos, que ofereceu aos mexicanos um milhão de dólares, cerca de 3,7 milhões de reais, pelo atleta.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Santos PaixãoPorFutebol

“Tem a possibilidade de, na próxima semana, estar tudo resolvido”, revelou o diretor de futebol Ricardo Gomes, em entrevista ao canal por assinatura BandSports no último final de semana. Especula-se que o Peixe proponha um contrato de dois anos ano jogador.

David Braz deve mesmo desfalcar Peixe no clássico

Atacado por uma intoxicação alimentar, quando ainda estava no México, onde o Santos realizou dois amistosos, o zagueiro David Braz deve mesmo ser desfalque na partida da próxima quinta-feira (19), no estádio do Pacaembu, em jogo que marca o retorno ao Campeonato Brasileiro.

O defensor começou a se sentir mal antes da partida amistosa diante do Querétaro, mesmo assim decidiu ir a campo. Durante o voo que trouxe a delegação santista de volta ao Brasil, o jogador sofreu enxaqueca. Depois de uma certa melhora, ele participou das atividades de sexta e sábado, mas voltou a piorar. Ele fez exames nesta segunda-feira (16) e agora aguarda os resultados.

Os jogadores Renato e Daniel Guedes, além de alguns seguranças e membros da comissão técnica, também sofreram intoxicação.

Publicidade

Renato voltou a trabalhar nesta segunda, enquanto que Guedes ainda segue em recuperação e também corre o risco de não ter condição de disputar o clássico.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo