A Seleção francesa [VIDEO] do técnico Didier Deschamps, bicampeã da Copa Mundial da Rússia, 2018, retornou para casa nesta segunda-feira (16) e foi recebida com muita festa pelas ruas parisienses. Com placar de 4X2, a França conquistou o Ouro neste domingo (15), no Estádio Luzhnikì, em Moscou, na Rússia. Além do gol contra, feito pelo atacante croata, Mario Mandzukic, os gols da França foram marcados também, por Griezmann, Pogba e Mbappé. Os gols da Croácia, a vice-campeã, vieram de Perisic e Mandzukic.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Durante o jogo, os atletas croatas, [VIDEO] preparados para este Mundial pelo técnico Zlatko Dalic, empregaram toda técnica e esforço físico, mas não conseguiram atingir o título tão almejado.

Eles chegaram à final do mundial da Rússia, tendo cumprido acréscimos de 30 minutos nos três últimos jogos que disputaram, significando maior desgaste físico.

Com semelhante esforço, e com um dia a mais de descanso, a equipe francesa de Deschamps mostrou uma bela atuação em campo, resultando na alegria de ver o capitão e goleiro, Hugo Lloris, levantar o Troféu da Copa do Mundo Fifa [VIDEO] 2018. Esse artefato de ouro foi objeto de desejo perseguido pelas 32 equipes de futebol que estiveram na Rússia no período.

Os atletas desta competição, invadida por ativistas, foram condecorados com medalhas da Federação Internacional de Futebol (Fifa), produzidas em ouro e prata, respectivamente, num estádio com muita chuva. Presentes no local, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, da França, Emmanuel Macron, e da Croácia, Kolinda Kitarov, ajudaram na premiação.

FIFA dá prêmio a jogadores de feitos inéditos na Copa

Tendo sido eleitos pela FIFA como destaques na Copa da Rússia, a instituição deu ao atleta croata, Modric, o título de melhor jogador da Copa. Jogador da seleção francesa, Kylian Mbappé ficou com a honraria de melhor jogador jovem, categoria menor de 21 anos de idade. Também jogador francês, Courtois foi eleito o melhor goleiro. O inglês Harry Kane, artilheiro com seis gols, ficou com a chuteira de ouro.

Aos 30 minutos da final, Fifa encerra com grandes astros

Antes da partida final entre França e Croácia, em Moscou, os dirigentes da Fifa realizaram a cerimônia encerrando o Campeonato Mundial de 2018 no local. A instituição promoveu shows apresentando o ator e cantor americano, Will Smith, o rapper porto-riquenho, Nicki Jam, e a cantora albanesa, Era Istrefi, cantando o hino oficial da Copa, "Live it Up”. O jogador brasileiro, Ronaldinho Gaúcho, também participou das atividades, como percussionista na apresentação da cantora russa, Aidar Garifullina.