Neste sábado (21), o São Paulo enfrentou o Corinthians, no Estádio do Morumbi, às 21 horas, (horário de Brasília) em partida válida pela décima quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor saiu vencedor após fazer 3 a 1 no Timão, com destaque para Reinaldo, autor de dois gols, atuando em posição mais avançada.

Com o resultado, a segunda colocação foi mantida, somando 29 pontos, enquanto o Flamengo lidera com 30, depois de se reabilitar contra o Botafogo no Maracanã, levando a melhor no clássico carioca por 2 a 0.

Esse novo triunfo obtido pelo time do Técnico Diego Aguirre, traz mais confiança para essa fase de duelos difíceis que o seu plantel encara. Depois da Copa do Mundo o São Paulo superou o Flamengo no Maracanã, o Corinthians no Morumbi, e terá pela frente o Grêmio na Arena do Grêmio e o Cruzeiro no Mineirão.

Quatro duelos que trouxeram bastante expectativa por parte dos amantes do esporte, para saber qual seria a real força desta equipe são-paulina; até aqui dois desafios foram superados, metade do percurso foi percorrido com sucesso, restam agora mais duas pedreiras para o Clube da Fé.

No comando do treinador uruguaio o São Paulo jogou 11 vezes no Morumbi, ganhou oito e empatou três, segue invicto como mandante, dado que reforça a mudança de postura e projeção para objetivos maiores na temporada de 2018.

Neste confronto com o alvinegro do Parque São Jorge, o vice-líder do torneio nacional alcançou seu quarto êxito consecutivo: 1 a 0 no Atlético Paranaense, 3 a 0 no Vitória, 1 a 0 no Flamengo e 3 a 1 no Corinthians.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

A surpresa do encontro foi a escalação de Reinaldo, (lateral esquerdo titular) na vaga de Everton, (suspenso) Edimar assumiu o lugar habitual do herói da torcida tricolor no clássico, nomeado por eles de “Kingnaldo”. Outro fato importante foi a venda de Rodriguinho para o Pyramids do Egito, por seis milhões de dólares.

Para o compromisso com grande rivalidade estadual, o São Paulo, veio na formação 4-2-3-1, com Jean, Anderson Martins, Edimar, Arboleda, Éder Militão, Hudson, Liziero, Nenê, Joao Rojas, Reinaldo e Diego Souza.

O Sport Club Corinthians Paulista, dirigido por Osmar Loss, também escolheu o 4-2-3-1, com Cássio, Henrique, Danilo Avelar, Pedro Henrique, Fagner, Gabriel, Renê Júnior, Rodriguinho, Romero, Marquinhos Gabriel e Jonathas.

Gols do Majestoso

As redes só balançaram no segundo tempo, aos 10 minutos, em cobrança de escanteio, Nenê colocou a bola na cabeça de Anderson Martins, que subiu mais que os zagueiros colocando-a no canto de Cássio, 1 a 0, e festa dos 58.624 torcedores que lotaram o Morumbi.

O segundo gol, aos 24’, ocorreu devido a uma falha de Gabriel, ao tentar recuar a bola para os companheiros que estavam na linha de defesa: o passe não foi na direção de ninguém, e Cássio saiu de sua meta para buscar concertar o lance. Antes dele Reinaldo tocou na pelota driblando-o, depois chutou com o pé esquerdo, Henrique que acompanhava a ação se esticou e evitou que a redonda passasse, no rebote o número 14, bateu de direita.

Ela acertou a trave e entrou, 2 a 0 no placar.

Com o momento favorável e apoio vindo das arquibancadas, o terceiro não demorou a sair. Aos 36’, novamente Reinaldo converteu outro tento para os são-paulinos festejarem. O que chamou a atenção foi a falha do goleiro Cássio, em chute defensável, o arqueiro se atrapalhou e acabou tendo que buscar a redonda dentro do gol pela terceira vez.

O gol corintiano aconteceu aos 45’, depois de Jadson encontrar Jonathas dentro da área, o atacante dominou com o braço esquerdo e diminuiu o prejuízo encobrindo o goleiro Jean, 3 a 1. O juiz carioca, Marcelo de Lima Henrique não viu o toque e validou o lance.

O Corinthians pega o Cruzeiro em Itaquera, na quarta-feira (25), às 21h45, e o São Paulo volta a campo na quinta-feira, (26) contra o Grêmio em Porto Alegre, às 19h30. (partidas pelo horário de Brasília)

Substituições

  • São Paulo- Nenê por Gonzalo Carneiro, Edimar por Luan e Hudson por Lucas Fernandes.
  • Corinthians- Renê Júnior por Jadson, Marquinhos Gabriel por Clayson e Pedro Henrique por Léo Santos.

Cartões amarelos

  • Timão- Romero, Rodriguinho, Cássio, Gabriel, Pedro Henrique, Henrique e Fagner.
  • Tricolor- Anderson Martins e Luan.
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo