Em uma exibição pavorosa de seu sistema defensivo, o Fluminense sofreu um vexame na noite desta segunda-feira e deixou o Maracanã com uma derrota de 3 a 0 para o Internacional no fechamento da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Revoltados, os pouco menos de 15 mil presentes, ao final da partida, xingaram a diretoria, especialmente o presidente Pedro Abad, e exigiam a contratação de um meia.

Publicidade
Publicidade

Em entrevista concedida nos vestiários, o técnico Marcelo Oliveira, no entanto, praticamente descartou a vinda de mais reforços.

"Situação difícil essa de reforços. Tem esforço grande da diretoria, clube tem suas dificuldades óbvias. Às vezes esbarra em salário e tal. Número de atletas, no momento, é bom. Se for chegar alguém, vem mais um", resumiu o comandante.

No tropeço diante do Colorado, Luciano entrou no segundo tempo e dividiu a responsabilidade de armação com Júnior Sornoza.

Mesmo com críticas da torcida, Flu não deve ter mais reforços (Foto: Lucas Merçon)
Mesmo com críticas da torcida, Flu não deve ter mais reforços (Foto: Lucas Merçon)

Enquanto isso, Daniel Simões, que, na semana passada, retornou após vários empréstimos ao Oeste-SP, não foi relacionado. Questionado, Marcelo Oliveira disse que o apoiador, revelado nas categorias de base do Fluminense, treinou apenas duas vezes e, com certeza, terá as suas oportunidades.

"Daniel fez apenas dois treinos. Tem mostrado habilidade e pode ser utilizado. Luciano vem fazendo essa função. Não achamos bom colocar dois meias no banco para não utilizarmos", explicou.

Publicidade

Apesar do revés, o Fluminense se manteve em nono lugar no Brasileirão com 22 pontos. O seu próximo desafio do Tricolor no certame nacional será no domingo que vem, às 19h (de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte, contra o América-MG.

Aírton sofre lesão no tornozelo e pode ser desfalque na Sul-Americana

Antes do Campeonato Brasileiro, o Flu entra em campo na quinta. A partir das 21h45 (de Brasília), em Montevidéu, encara o Defensor, do Uruguai, no jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana.

Para esse compromisso, Aírton não tem presença garantida. No segundo tempo diante do Internacional, em um escanteio batido, o volante se chocou com a trave e sofreu uma torção no tornozelo esquerdo. Ao deixar o Maracanã, sentia fortes dores e usava uma bota para imobilizar o local.

Aírton passará por reavaliação médica antes da viagem ao Uruguai, prevista para após o treino de terça, pela manhã, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca. Sendo vetado, a tendência é pela entrada de Richard.

Publicidade

Existe, também, a possibilidade de Luciano ser mantido entre os titulares. Nesse caso, Sornoza atuaria mais recuado. Outra alternativa é improvisar o zagueiro Ibañez como segundo volante.

No duelo de ida, acontecido no dia 02 de agosto, no Maracanã, o Fluminense, com gols de Digão e Sornoza, venceu por 2 a 0. Com isso, garante a classificação com derrotas de um ou até dois gols de diferença. Na segunda hipótese, precisaria balançar as redes do Defensor, que, se repetir o placar do Rio, levará o confronto para os pênaltis.

Publicidade

Leia tudo