O Manchester City iniciou muito bem a terceira temporada da era Pep Guardiola. Jogando no estádio de Wembely, na manhã deste domingo (5), os Citizens bateram o Chelsea por 2 a 0 e conquistaram o título da Supercopa da Inglaterra, competição que coloca crente a frente o vencedor da Premier League contra o campeão da Copa da Inglaterra.

Reforçado por Mahrez, o time azul de Manchester teve uma bela atuação e controlou o Chelsea na maior parte do jogo, mostrando bons movimentos no ataque e solidez defensiva.

Se não fosse a boa atuação de Caballero no gol do Chelsea, o City poderia ter saído do Wembley com uma vitória por placar elástico.

E esse domínio se transformou em gol logo aos 12 minutos, quando o City desceu em velocidade, superando bem a marcação do Chelsea. Foden conduziu pela esquerda, limpou a jogada e rolou para Agüero, que recebeu na entrada da área e bateu no canto de Caballero. Foi o gol de número 200 do argentino com a camisa do City.

A primeira boa jogada dos Blues aconteceu apenas aos 31 minutos, quando após contra-ataque rápido, Fabregas e Morata trocam passes, e Hudson-Odoi foi acionado. O jovem bateu da entrada da área e mandou a bola para fora.

No segundo tempo o City voltou dando trabalho ao goleiro Caballero, até que aos 12 minutos Agüero apareceu novamente para dobrar a vantagem dos Citizens. A jogada começou com um erro de passe de Hudson-Odoi no ataque, e o City saiu jogando em velocidade pelo meio.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Bernardo Silva foi acionado na ponta, conduziu a bola e toca para Agüero, que apareceu nas costas de David Luiz e bater na saída de Caballero, dando números finais ao duelo.

Mesmo com boa vantagem, o City seguiu no ataque, dando trabalho para o goleiro do Chelsea, que evitou uma derrota ainda mais elástica.

Os brasileiros

O jogo poderia ter sido um desfile de vários brasileiros no lendário estádio londrino, só que nenhum dos seis jogadores relacionados para a decisão teve destaque.

Pelos lados do City, o goleiro Ederson ficou no banco de reservas, dando lugar a Bravo. Já Gabriel Jesus entrou apenas na etapa final e teve uma chance de gol. Fernandinho começou jogando e ajudou a defesa a controlar a partida.

No Chelsea, o estreante Jorginho teve uma discreta atuação, enquanto que David Luiz, que voltou a ser relacionado para as partidas após a troca de treinador, sofreu junto com toda sua defesa e foi um dos protagonistas do segundo gol de Agüero, enquanto que Willian entrou no na segunda etapa a pouco criou.

O que vem pela frente

Os dois times estreiam neste final de semana no Campeonato Inglês. O Chelsea jogam no sábado (11), fora de casa, contra o Huddersfield, enquanto que o City no domingo (12), vai até o Emirates encarar o Arsenal.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo