O São Paulo Futebol Clube ganhou do Vasco da Gama por 2 a 1, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo (5), no Morumbi. Contando com o apoio de 53.437 pessoas, o tricolor paulista assumiu a liderança da competição com 35 pontos, um a mais que o Flamengo, segundo colocado.

Um dia antes, em Porto Alegre, os rubro-negros foram batidos pelo Grêmio por 2 a 0. A importância do clássico entre paulistas e cariocas não ocorria só na briga pelo topo da tabela, mas também devido à última apresentação de Éder Militão com a camisa tricolor.

Publicidade
Publicidade

Ele foi vendido para o Porto, aos 20 anos de idade, por 4 milhões de euros, cerca de 17,7 milhões de reais. No futuro ainda poderá render mais dinheiro em uma possível venda, o clube brasileiro tem direito de receber 10% do valor de uma transação envolvendo o zagueiro.

Para o embate, Diego Aguirre, técnico são-paulino, escolheu o esquema 4-3-3, com Sidão, Éder Militão, Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo, Hudson, Liziero, Nenê, Joao Rojas, Everton e Diego Souza.

Publicidade

O Cruzmaltino, do técnico Jorginho, atuou no 4-2-3-1, e veio a campo com Martin Silva, Luiz Gustavo, Henríquez, Ricardo Graça, Ramon, Desabato, Andrey, Thiago Galhardo, Giovanni Augusto, Yago Pikachu e Andres Rios.

Jogo

Na primeira etapa, a torcida que compareceu em bom número comemorou cedo o gol de abertura do espetáculo. Joao Rojas marcando o zagueiro Ricardo, contou com a sorte e persistência para inaugurar o placar a um minuto; a bola bateu nele e entrou.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Brasileirão

Os cariocas responderam com perigo, aos 4’, em cabeçada de Ricardo, Sidão colocou para escanteio.

Como camisa dez tricolor, Nenê, ex-vascaíno, lançou Diego Souza na área, o centroavante, dominou no peito, mas não conseguiu finalizar, o goleiro Martin Silva ficou com a redonda nas mãos. Andrey tentou de longe do outro lado e Sidão só acompanhou, aos 33’.

Desempenhando bem o mando de jogo, o Clube da Fé se esforçou bastante na marcação, Joao Rojas aplicou bons dribles, assim como Reinaldo.

No retorno do intervalo as equipes não fizeram alterações, o responsável por balançar as redes foi o vascaíno Yago Pikachu, artilheiro da agremiação no nacional com sete tentos feitos.

Ele saiu cara a cara com Sidão e tocou no canto, aproveitando ótimo lançamento de Giovanni Augusto, 1 a 1, aos 9’. Sabendo do prejuízo os comandados de Aguirre buscavam reabilitação do revés com o Colón na quinta-feira por 1 a 0, pela Copa Sul-Americana. Em escanteio batido por Nenê aos 12’, Arboleda quase guardou o dele, entretanto a bola foi alta demais.

Publicidade

Devido ao empate e o melhor momento do Vasco na partida, as chances para virar o confronto começaram a surgir. Primeiro com Andrey chutando forte, ela pingou e saiu, aos 18’. Depois Yago Pikachu testou o arqueiro Sidão, que espalmou a finalização aos 19’. Persistente à procura da virada, Giovanni Augusto fez grande jogada pela lateral esquerda e arrematou colocado, aos 24’, a redonda assustou os são-paulinos.

Carneiro e Tréllez entraram, aos 31’, nas vagas de Nenê e Diego Souza, respectivamente, e deram outra cara ao ataque.

Publicidade

Com mais mobilidade e estatura, os dois participaram de algumas tramas ofensivas, em uma delas, graças à insistência e raça de Everton, o ponta cruzou na medida para Santiago Tréllez definir pelo alto, no canto direito de Martin Silva... 2 a 1, e explosão de alegria dos torcedores, com 35’ no relógio.

Eles acenderam celulares proporcionando um belo espetáculo visual. Atletas que estavam no banco de reservas vibraram muito com o lance fatal. O árbitro catarinense, Bráulio da Silva Machado apitou o fim da disputa aos 49’.

O Tricolor volta a campo no próximo domingo, dia 12, às 16 horas, na Ilha do Retiro contra o Sport Recife. O Vasco continua na capital paulista para medir forças com o Palmeiras no Allianz Parque, dia 12, às 19h (ambos os jogos pelo horário de Brasília).

Substituições

  • Vasco- Giovanni Augusto por Kelvin e Luiz Gustavo por Rafael Galhardo e Yago Pikachu por Caio Monteiro.
  • São Paulo- Éder Militão por Bruno Peres, Nenê por Gonzalo Carneiro e Diego Souza por Santigo Tréllez.

Cartões amarelos

  • Vasco- Henríquez e Luiz Gustavo.
  • São Paulo- Everton e Carneiro.
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo